CAOA Chery entra no segmento de SUVs 7 lugares com o Tiggo 8; modelo estreia por R$ 156.900

SUV grande terá versão única e estreia no Brasil uma nova família de motores turbo com injeção direta
CAOA Chery Tiggo 8 2021

CAOA Chery Tiggo 8 2021 | Imagem: Divulgação

A CAOA Chery apresenta de forma oficial nesta quarta-feira (12) o Tiggo 8 no Brasil. O modelo, um SUV grande que posiciona a marca entre os modelos 7 lugares, é produzido em Anápolis (GO) ao lado do Tiggo 5x e do Tiggo 7.

O Tiggo 8 será comercializado no Brasil em versão única, denominada TXS, partindo de R$ 156.900 na época do lançamento. Após a etapa de chegada do SUV às concessionárias, o preço de lista subirá para R$ 168.600.

Bem equipado, o Tiggo 8 conta com sistema de câmeras 360º, revestimento interno de couro, teto solar panorâmico, painel de instrumentos digital com tela de 12,3”, central multimídia de 10,25” com suporte a espelhamento de smartphones Apple via CarPlay (para celulares Android há um sistema próprio da marca), ar-condicionado automático digital, sistema de chave presencial, carregamento de smartphones por indução, faróis full-LED, banco do motorista com ajustes elétricos, entre outros.

Para aprimorar o conforto e a segurança, o modelo ainda conta com sistema de alerta de pontos cegos nos retrovisores externos e mecanismo elétrico de abertura e fechamento da tampa do porta-malas. 

Um grande destaque do Tiggo 8 nacional é estrear no Brasil o motor 1.6 turbo com injeção direta, propulsor que integra uma nova família desenvolvida pela Chery. Ele vai operar apenas com gasolina e entrega 187 cv de potência e 28 kgfm de torque entre 2.000 e 4.000 rpm. O motor trabalha associado a um câmbio de dupla embreagem com cárter úmido e 7 marchas, oferecendo tração somente para as rodas dianteiras.

 

De acordo com dados da CAOA Chery, o Tiggo 8 com a mecânica em questão é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 9,9 segundos. A retomada de 40 a 80 km/h é realizada em 4,2 segundos; a de 60 a 100 km/h demanda 5,2 segundos e a retomada de 80 a 120 km/h é feita em 6,1 segundos. O consumo oficial do Tiggo 8 é de 9,8 km/l na cidade e 12 km/l na estrada, sempre operando com gasolina.

Modelo de grande porte, o Tiggo 8 conta com 4,70 m de comprimento, 1,86 m de largura e 1,70 m de altura. Com entre-eixos de 2,71 m, o Tiggo 8 também oferece 21,2 cm de altura em relação ao solo, é capaz de transpor trechos alagados de até 45 cm e suporta uma inclinação lateral de 35º.

Considerando o tamanho do SUV, o espaço para os passageiros na terceira fileira promete ser suficiente para acomodar até dois adultos. O porta-malas do Tiggo 8 pode receber 889 litros de bagagens quando o modelo é utilizado com 5 lugares. Utilizando os 7 assentos, ainda é possível transportar 193 litros de malas ou outros objetos menores. 

A fabricante destaca que o Tiggo 8 recebeu 5 estrelas em testes de segurança realizados pelo C-NCAP ainda no fim de 2019. O órgão é o corresponte chinês ao Latin NCAP sul-americano. O Tiggo 8 passou por avaliações como proteção de cabeça, pescoço, peito, abdômen e pernas dos ocupantes. O modelo foi avaliado em três crash-tests (frontal, frontal 40% e lateral), além de ter sido submetido a análises que mediram o efeito chicote do pescoço em caso de colisão traseira e o nível de proteção para pedestres. 

A estimativa da CAOA Chery é comercializar cerca de 300 unidades/mês do Tiggo 8, que, pela faixa de preço, terá como um de seus principais concorrentes o Volkswagen Tiguan Allspace, hoje tabelado em R$ 171.690 na configuração intermediária Comfortline com 7 lugares. Ele conta com motor 1.4 TSI flex de 150 cv e também é dotado de uma transmissão de dupla embreagem, porém com 6 velocidades.

CAOA Chery Tiggo 8 2021
CAOA Chery Tiggo 8 2021
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!