Captiva 2014 perde versão com motor V6 e fica mais caro

Agora apenas o Captiva Ecotec com motor 2.4 litros está à venda com preço de R$ 98.990

Chevrolet Captiva Ecotec 2.4 2014 | Imagem: Divulgação

Lançado no Brasil há exatos cinco anos, o utilitário esportivo Captiva fez a Chevrolet competir pela primeira vez com modelos como o Tucson, da Hyundai, e o CR-V, da Honda. O modelo, fabricado no México, se beneficiou da isenção de tarifa de importação entre os dois países para vender bem por aqui. Mas agora, o SUV começa a perder espaço para outro modelo, curiosamente mais barato.

A GM prepara o lançamento do Tracker, um SUV compacto que concorrerá diretamente com o EcoSport a partir da semana que vem. Assim como o Captiva, ele vem do México e por isso entra na limitada cota de importação que o governo instituiu recentemente para conter a enxurrada de veículos produzidos no país da América do Norte.

Com isso, o Captiva perde espaço e versões. A linha 2014, que acaba de chegar às concessionárias, é vendida apenas na versão Ecotec 2.4 litros com tração dianteira. A versão V6, mais equipada e potente, e que trazia tração integral, foi aposentada pela fabricante.

A outra má notícia é que o Captiva Ecotec agora custa R$ 98.990, praticamente R$ 10 mil mais caro que o modelo 2013. A única novidade da linha 2014 é uma nova cor, a “Azul Berlin”, metálica.

Veja como estão as vendas do Chevrolet Captiva

A reposição do preço certamente deve ter a ver com o Tracker que, cogita-se, custará um tanto caro, acima de R$ 70 mil, segundo rumores. Com o Captiva longe do preço do novo SUV, a GM evita comparações negativas para o modelo compacto.

Sabe-se que a GM trabalha numa nova geração do Captiva, mas até aqui apenas “mulas” (modelos que usam a base do novo carro, mas uma carcaça de outro veículo conhecido) foram flagradas no exterior.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!