Após aparecer como conceito nos Salões da Tailândia, de Buenos Aires e de Frankfurt sob a bandeira da Chevrolet e no Salão da Austrália como Holden (braço australiano da GM), enfim a marca norte-americana apresenta a versão definitiva da sua nova picape média, a Chevrolet Colorado, modelo que no Brasil substituirá a veterana S10.

Visualmente a picape tem porte elevado e é idêntica à versão conceitual. Na frente, por exemplo, foram acrescentados os faróis de neblina que não haviam no conceito. A lateral é praticamente a mesma, com linhas simples e um vinco na parte inferior da carroceria. Na traseira, as lanternas transparentes com LEDs do modelo conceitual deram lugar a lanternas tradicionais usadas em veículos de produção.

O interior, como já é tendência no segmento de picapes, tem muita proximidade com os de um veículo de passeio, o painel é mais conservador que muitos modelos da marca Chevrolet, como o recém-chegado Cruze. Destaque para o painel do motorista, que lembra muito o do Camaro, em que o conta-giros e o velocímetro tem moldura quadrada, e para o mostrador do ar-condicionado que, diferente do primeiro conceito mostrado na Tailândia, tem formato redondo.

No país asiático, a nova Colorado irá utilizar uma nova família de motores Duramax, sendo um 2.5 litros que rende 150 cv de potência e um 2.8 litros com turbo que gera 180 cv. Aqui no Brasil ainda não se sabe qual motor equipará a substituta da S10, ou se a Chevrolet irá utilizar esses dois novos motores na picape. O modelo ainda tem tração 4x2 e 4x4 com acionamento elétrico e câmbio manual ou automático, ambos de seis marchas.

Jair Oliveira

|