Chevrolet Cobalt 2020: foco nos clientes corporativos e vendas diretas

Segundo a marca, três quartos das vendas do sedan destinam-se às vendas diretas
Chevrolet Cobalt 2020

Chevrolet Cobalt 2020 | Imagem: Divulgação

Sem nenhuma novidade estética, mecânica ou no nível de equipamentos, o Chevrolet Cobalt estreia sua linha 2020 apenas com um reposicionamento de versões, o que sinaliza que o modelo seguirá em linha mesmo com a chegada do Onix Sedan ainda neste ano.

A partir de agora o Cobalt será oferecido apenas nas configurações mais acessíveis, no caso a LT e a LTZ, permanecendo com as opções de motores 1.4 e 1.8 e as transmissões manual ou automática dependendo da configuração. Procurada pelo Autoo, a GM Mercosul informou que o Cobalt LTZ 2020 será tabelado em R$ 75.790, sendo que a configuração LT manual será apresentada posteriormente. 

Segundo a GM Mercosul explica, atualmente cerca de três quartos dos emplacamentos do Cobalt destinam-se às vendas diretas ou corporativas, o famoso público “PJ” (Pessoa Juríca). “O Cobalt é um produto muito competitivo e estratégico dentro do portfólio da Chevrolet. Conta com reconhecida reputação no mercado entre diversos públicos, como taxistas, PcD, além de empresas, frotistas e clientes corporativos, que costumam optar por um veículo que ofereça maior valor agregado”, explica Rafael L. Santos, diretor de vendas da GM, em comunicado da fabricante.

Entre os pontos fortes do Cobalt figuram o porta-malas com ampla capacidade para 563 litros, o bom espaço interno e o custo-benefício competitivo de suas versões. De série o modelo conta com ar-condicionado, direção assistida eletricamente, trio elétrico, alerta de perda de pressão para os pneus, entre outros recursos. A opção LTZ acrescenta como item de série a central multimídia MyLink com tela de 7” e suporte aos sistemas de espelhamento Apple CarPlay e Android Auto. 

Chevrolet Cobalt 2020
Chevrolet Cobalt 2020
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!