Chevrolet Spin 2021 estreia com os controles de tração e estabilidade

Monovolume ainda conta com atualizações estéticas pontuais na opção aventureira
Chevrolet Spin 2021

Chevrolet Spin 2021 | Imagem: Divulgação

Ao contrário do que alguns rumores sinalizavam, não foi desta vez que o Chevrolet Spin ganhou um conjunto mecânico mais atual.

A boa notícia, contudo, é que o monovolume passa a contar com um importante reforço no campo da segurança ativa. A partir de agora, o Chevrolet Spin 2021 sai de fábrica com os controles de tração e estabilidade de série em todas as versões (LS, LT, Premier e Activ).

A dupla de segurança também engloba o assistente de partida em aclive, recurso muito útil em saídas de semáforos e manobras em planos inclinados. O item funciona com as configurações de câmbio automático e manual, ambos de seis marchas, destaca a Chevrolet.

O controle de estabilidade é um recurso importantíssimo uma vez que “reduz sensivelmente o risco de perda de controle do veículo em condições extremas ao limitar a velocidade quando ela se torna incompatível com a trajetória ou a aderência do piso”, pontua a fabricante.

Importante destacar que o ESP, como é conhecido em sua sigla em inglês, é uma tecnologia que deve figurar em todos os carros completamente novos que chegam ao mercado a partir deste ano por força de lei. Para modelos que estão sendo comercializados há mais tempo, como é o caso do Spin, a obrigatoriedade será válida apenas a partir de 2022. Com isso, a montadora norte-americana antecipa-se à nova regulamentação.

Chevrolet Spin 2021
Detalhe da tecla para desativação do controle de estabilidade: ESP é a grande novidade no Chevrolet Spin 2021
Imagem: Divulgação

“O alerta de não afivelamento do cinto do passageiro chega para complementar o aviso referente ao do lado do condutor, já existente. Também extensiva a toda a gama estão o novo grafismo do painel de instrumentos e a inédita opção de cor Azul Eclipse para a carroceria”, detalha a Chevrolet.

O Spin 2021 também passa a contar com limitador de velocidade a partir dos catálogos intermediários. Mecanicamente, a única evolução do monovolume está na inclusão da nova geração da transmissão automática de seis marchas. De acordo com a Chevrolet, ela oferece funcionamento mais suave e eficiente e é a mesma aplicada nas novas gerações das linhas Onix e Tracker. O propulsor, comum em todas as versões, segue o 1.8 flex de até 111 cv e 17,7 kgfm de torque.

O Spin 2021 em seu catálogo aventureiro Activ é o que recebeu aprimoramentos estéticos pontuais.

Como elenca a montadora, o Spin Activ 2021 chega ao mercado com o logotipo da Chevrolet com fundo preto. A tonalidade também passa a figurar nos acabamentos da grade frontal, das molduras centrais inferiores dos para-choques dianteiro e traseiro, além dos estribos laterais e do rack de teto. Também estão presentes peças escuras com pintura fosca e outras com cobertura brilhante.

A versão aventureira Activ, assim como a Premier, vêm equipadas de série com ar-condicionado, direção elétrica, transmissão automática, câmera de ré com linhas guias, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, entre outros.

Hoje em dia o Chevrolet Spin reúne como principal atributo o fato de ser o único modelo com opções 5 e 7 lugares por menos de R$ 100 mil que oferece também câmbio automático. Uma boa opção para quem tem família numerosa ou precisa de mais espaço interno, o porta-malas da minivan ainda consegue acomodar 756 litros de bagagem com a segunda fileira de bancos toda avançada.

Chevrolet Spin 2021
Chevrolet Spin 2021: painel de instrumentos foi atualizado com novos grafismos 
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!