Apesar de pouco conhecida no Brasil, mesmo após um breve início de operações no país entre os anos de 2014 e 2016, mas com as atividades interrompidas devido ao cenário econômico e político pouco favorável para os veículos importados, a chinesa Geely é uma marca que merece ser analisada com atenção. Os negócios da montadora estendem-se para várias áreas e é sempre importante lembrar que ela é a atual controladora da Volvo bem como outras empresas importantes, como a australiana DSI especializada na produção de transmissões automáticas.

Um dado que chama a atenção e foi levantado pela consultoria Focus2move é que a Geely está se destacando como a marca que mais cresce no mundo em 2017. De acordo com a Focus2move, a empresa alcançou no acumulado do ano um crescimento de 76,8% em grande parte graças ao portfólio renovado na China. Com isso, apesar das vendas externas registrarem uma retração em quase todos os mercados, a venda doméstica é a responsável pela enorme procura que a marca alcançou nos últimos meses.

Dentre os modelos mais procurados na nova gama Geely está o SUV Boyue com 167.619 unidades emplacadas no acumulado de 2017. Em seguida aparece o sedã EC7 com 156.648 unidades vendidas e logo depois o SUV compacto Vision com 91.615 unidades colocadas nas ruas ao redor do mundo, sobretudo, como já dissemos, na China.

O AUTOO entrou em contato com os primeiros representantes da Geely no Brasil e foi informado que a “prioridade de retorno” da marca Geely ainda recai sobre o grupo brasileiro. O Grupo Gandini, contudo, ainda vai aguardar os “cenários futuros” do mercado brasileiro para tomar a decisão de voltar a operar ou não a marca por aqui.

 
 
Geely Boyue
 
Geely Boyue
Geely Boyue
Geely Boyue
 
Geely Boyue
Geely Boyue
Geely Vision
 
Geely Vision
Geely Vision
Geely Vision
 
Geely Vision
Geely Vision
 
 
César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/