Citroën parou de fabricar C3 e Aircross no Brasil, diz site

Hatch e SUV mostraram baixos números de emplacamentos em 2020. Lojas dizem que não recebem os carros há meses
Citroën C3 2018

Citroën C3 2018 | Imagem: Divulgação

Desde abril, já havia sido anunciado aqui no Autoo que PSA (Peugeot-Citroën) manteve os investimentos do programa C-Cubed. O projeto, tocado pela divisão indiana da empresa, deve dar origem a um hatch, um sedã e um SUV. Informações de bastidores diziam que as novidades poderiam substituir o C3 e do Aircross no mercado brasileiro também.

E parece que este momento está chegando. De acordo com os colegas do Autos Segredos, a dupla de modelos da Citroën já deixou de ser fabricada em Porto Real (RJ). Citando concessionários, a reportagem afirma que algumas lojas não recebem nenhuma unidade do C3 ou do Aircross há dois meses, sendo que alguns pontos de venda dispõem apenas do C4 Cactus para demonstração.

Saiba mais: o que podemos esperar do novo SUV compacto da Citroën no Brasil?

Segundo alguns lojistas, a própria marca já teria confirmado à sua rede de concessionárias a respeito do fim da produção do hatch e do SUV. No entanto, oficialmente, a marca se limitou a dizer ao site mineiro que “a Citroën não confirma a informação e afirma que permanece produzindo e comercializando no Brasil tanto o C3 quanto o Aircross”.

Projeção de Kleber Silva para o futuro SUV derivado do projeto C21
Projeção de Kleber Silva para o futuro SUV derivado do projeto C21
Imagem: Kleber Silva

Os lojistas, por outro lado, dizem que a dupla ainda aparece no site da empresa por conta de algumas últimas unidades em estoque. No caso do Citroën Aircross, tratado como SUV pela marca, consta ainda no site a versão Live Auto 2020, tabelada em R$ 73.590 e trazendo motor 1.6 flex aspirado e câmbio automático de seis marchas. 

Para o Citroën C3, ainda aparecem três configurações no site da marca. Há a versão Attraction, com motor 1.2 flex e câmbio manual de cinco marchas por R$ 62.090, Attraction Auto por R$ 69.990 e a Urbantrail custando R$ 77.790. No caso das duas últimas opções, o conjunto mecânico é formado pelo motor 1.6 flex aspirado e pela transmissão automática de seis velocidades.

Citroën Aircross 2020
Citroën Aircross 2020
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!