Clone do Mini ganha versão mais barata no Brasil

Lifan 320 DX perde rodas de liga para custar a partir de R$ 26.980

Lifan 320 DX é mostrado em anúncio da marca | Imagem: Reprodução

Praticamente ignorada no Brasil, a marca chinesa Lifan faz o que pode para chamar a atenção, inclusive usar como garoto propaganda o apresentador de TV Rodrigo Faro. Mas a estratégia que mais tem dado resultado para ela é investir no 320, um clone do Mini Cooper.

Desde que foi lançado no país, o “Mini genérico” é seu produto mais vendido – em que pese o fato de só ter o sedã 620 como outra opção no portfólio. Mas mesmo custando bem menos que o ícone britânico, o 320 deve terminar 2011 com apenas 2 mil unidades vendidas, uma pequena fração do que vendem similares nacionais e sem o apelo do visual copiado.

Talvez por essa razão, a Lifan decidiu baixar ainda mais seu preço. Agora o 320 passa a ser vendido também na versão DX, que basicamente perde as rodas de liga leve para custar R$ 26.980, R$ 4 mil a menos que a versão completa. O modelo também deixa de ter as faixas longitudinais que o fazem mais parecido ainda com o Mini.

Ainda assim, o 320 DX traz de série um pacote invejável: airbags duplos, freios com ABS, ar-condicionado, direção hidráulica, faróis de neblina e trio elétrico. Talvez o Lifan esteja mesmo precisando é da mão de outro apresentador, o Faustão, que se mostrou mais bem sucedido com a rival JAC.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!