Depois de um longo período de marasmo, a General Motors prepara uma avalanche de lançamentos no Brasil. Segundo disse o presidente da montadora na América do Sul, Jaime Ardila, “iremos renovar completamente a linha até 2012”. Uma meta ambiciosa, mas que mostrará os primeiros resultados este ano.

Ao menos três modelos são esperados ainda em 2011. O primeiro deles é o Cruze que terá versões hatch e sedã lançadas até setembro. Ele substitui o Vectra que pode continuar sendo produzido apenas por alguns meses.

O outro é o Cobalt, anteriormente conhecido como projeto GSV (Global Small Vehicle). Trata-se de um sedã compacto no estilo do Logan, da Renault. Ou seja, apesar disso terá bastante espaço interno para suceder ao mesmo tempo o Corsa Sedan e o Astra Sedan.

AUTOO obteve informações de fontes dentro da montadora que adiantaram características do Cobalt, mostrado na fotomontagem produzida com exclusividade para o site.

Agile sedã

As linhas do Cobalt não serão tão elegantes já que o objetivo da Chevrolet foi criar um carro espaçoso para acomodar as famílias da emergente classe C. A frente segue o visual do Agile, mas não se trata de uma versão já que o Cobalt usa a plataforma do Opel Corsa D – o hatch usa a do antigo Corsa B, o nosso Classic. Um sinal que o sedã terá um projeto simples é o tipo de maçaneta usado, que abre para cima, um dispositivo mais barato que a própria maçaneta do Agile.

Segundo nossa fonte, o Cobalt será vendido em três acabamentos: LS, LT e LTZ. O motor usado será o 1.4 Econo.Flex, o mesmo do Agile, mas há rumores que a GM possa incluir um motor maior, talvez 1.6, na versão top. Embora ainda esteja longe do lançamento, a estimativa de preço hoje indica que o Cobalt custará entre R$ 39 mil e R$ 48 mil. Com isso, enfrentará modelos como o Ford Fiesta Sedan, Peugeot 207 Passion, o novo Fiat Siena, VW Voyage e o já citado Logan, entre outros. De quebra, serviria como alternativa para frotistas que optam hoje pelo Astra Sedan, que sairá de linha.

Para agradar esse público diverso, o Cobalt trará bons itens de série além de um porta-malas generoso, com cerca de 500 litros de capacidade. O interior, segundo relatos, terá elementos do Sonic, compacto que também será vendido aqui, e do novo Sail chinês, um sedã desenvolvido pela GM na China e que lá substituiu o Classic brasileiro.

O Cobalt é um dos modelos que serão produzidos em São Caetano do Sul, a mais antiga fábrica da GM no Brasil e que também montará as minivans PM5 (nova Meriva) e PM7 (sucessora da Zafira) – ambas compartilham a mesma base do novo sedã, inclusive.

Fotomontagem: Leonardo Andrade

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/

Veja mais notícias da marca