De janeiro a maio deste ano foram apenas 206 unidades vendidas, mas isso não é motivo para que você deixe de conhecer uma interessante opção para quem precisa de espaço, deseja um SUV e gostaria de 7 lugares. Estamos falando do Peugeot 5008, modelo que chegou ao mercado brasileiro neste ano em duas configurações. O SUV médio é um rival direto do Volkswagen Tiguan Allspace, modelo que está registrando uma notável procura no Brasil, somando 4.565 emplacamentos ao longo dos cinco primeiros meses do ano.

Como já abordamos em nosso primeiro contato com o 5008, a grande sacada do Peugeot é entregar um nível de acabamento diferenciado em relação aos demais SUVs de médio porte, em especial entre as raras opções 7 lugares que encontramos por aqui.

É fato que o preço do Peugeot 5008 aumentou substancialmente no Brasil. Em março, quando foi lançado, o SUV foi anunciado (descontando promoções) por R$ 157.490 em sua versão Griffe e R$ 166.490 na opção mais equipada Griffe Pack. Hoje, os valores estão em R$ 171.690 e R$ 177.790, respectivamente. As oscilações do dólar no período ajudam a explicar em parte as elevações nos valores.

Importado do México, o Volkswagen Tiguan Allspace consegue chegar ao Brasil com preços mais competitivos, um exemplo é a sua configuração intermediária Comfortline com preço sugerido de R$ 149.990. A topo de linha R-Line, por sua vez, está chegando às concessionárias por R$ 184.990. O Tiguan Allspace topo de linha pode ser mais caro que o Peugeot 5008 todo equipado, mas só o VW oferece tração integral – um importante recurso pensando na segurança ativa – bem como seu motor 2.0 turbo de 220 cv entrega nível de performance superior.

 

Mas é inegável que o Peugeot 5008 oferece um projeto tão bem planejado e executado quanto o Tiguan Allspace. Assim como no VW, é possível encontrar no Peugeot uma série de pequenos detalhes que mostram um elevado capricho na fabricação dos dois modelos. No porta-malas do 5008, por exemplo, encontramos até mesmo um cuidado maior para que os cintos de segurança da terceira fileira de assentos não gerem ruídos, bem como é fácil e prático armar ou recolher o 6º e o 7º bancos.

A cabine do 5008, a exemplo do irmão 3008, é uma das mais envolventes da categoria e tende a agradar bem mais quem valoriza um habitáculo refinado. A Peugeot acertou no uso e na distribuição de diversos materiais pelo interior do SUV, como o revestimento de couro nos bancos e laterais de portas em conjunto com um tecido de belo aspecto visual percorrendo grande parte do painel e console central. As formas adotadas para o estilo em geral da cabine agradam, assim como o painel em dois níveis e o volante compacto, mas com excelente empunhadura. Os bancos contam com um formato muito anatômico, sustentando bem o corpo de motorista e passageiros.

Somando tudo isso com a presença do teto solar panorâmico e até mesmo o sistema de ambientação da cabine por meio de luzes de LED, temos no Peugeot 5008 um carro que cativa pelo capricho visual sob todos os lados. Em sua versão mais cara, o Peugeot 5008 também agrada pelo bom pacote de eletrônica embarcada, com destaque para o controlador de velocidade adaptativo, alerta de colisão com frenagem automática de emergência, monitor de pontos cegos nos retrovisores externos, entre outros. 

Dinamicamente o motor 1.6 THP movido apenas a gasolina entrega a potência e o torque necessários para que o Peugeot, mesmo carregado, preserve boas respostas ao volante. Acelerando de 0 a 100 km/h em 10,5 segundos, o 5008 está longe de ser um carro apático. Talvez com 7 pessoas e em uma subida de serra o 2.0 TSI do Tiguan Allspace topo de linha possa conferir mais vigor nas acelerações e retomadas, mas se você não faz questão de um desempenho extremo durante todo o tempo em que passa atrás do volante, o Peugeot 5008 vai lhe atender com tranquilidade. As médias de consumo oficiais do SUV, que ficam em 9,5 km/l na cidade e 12,1 km/l na estrada, são aceitáveis para um carro do porte do 5008.

Sem exagerar na altura em relação ao solo e equipando-o com generosas rodas aro 19”, o Peugeot 5008 vai muito bem no aspecto dinâmico e mesmo com seus 4,64 m de comprimento ele não transmite a sensação de ser um automóvel anestesiado nas respostas. Nesse aspecto o painel mais esportivo e envolvente também mostram que um carro mais versátil e familiar também pode ser animador na hora de dirigir.

Claro que no universo de excelentes modelos que povoam o segmento de SUVs médios você encontra alternativas com desempenho superior (Chevrolet Equinox), motorização diesel (Jeep Compass), além, é claro, do rival mais próximo ao 5008 pela oferta de 7 lugares como é o caso do Tiguan Allspace. O Peugeot, contudo, se destaca na categoria ao mesclar a versatilidade dos 7 lugares com um acabamento destacado e singular, uma qualidade que certamente conquista muita gente.

Uma pena que o mercado, em especial o de usados, encare as marcas francesas com tanto ceticismo. Afinal, com tantas qualidades que tem, era para o Peugeot 5008 estar vendendo bem mais.

 
 
Peugeot 5008 2018
 
Peugeot 5008 2018
Peugeot 5008 2018
Peugeot 5008 2018
 
Peugeot 5008 2018
Peugeot 5008 2018
Peugeot 5008 2019
 
Peugeot 5008 2019
Peugeot 5008 2019
Peugeot 5008 2019
 
Peugeot 5008 2019
Peugeot 5008 2019
Peugeot 5008 2019
 
Peugeot 5008 2019
Peugeot 5008 2019
Peugeot 5008 2019
 
Peugeot 5008 2019
Peugeot 5008 2019
Peugeot 5008 2019
 
Peugeot 5008 2019
Peugeot 5008 2019
Peugeot 5008 2019
 
Peugeot 5008 2019
Peugeot 5008 2019
 
 

Ficha técnica

Peugeot 5008 2019 Griffe Pack 1.6 16V gasolina automático 4p
Categoria SUV médio
Motor 4 cilindros, 1598 cm³
Potência 165 cv a 6000 rpm (gasolina)
Torque 24,5 kgfm a 1400 rpm
Dimensões Comprimento 4,641 m, largura 1,844 m, altura 1,64 m, entreeixos 2,84 m
Peso em ordem de marcha 1632 kg
Tanque de combustível 56 litros
Porta-malas 780 litros
Veja ficha completa

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/