De olho na pauta ESG, Citroën e Peugeot investem em furgões elétricos

Marcas lançam no Brasil o ë-Jumpy e o e-Expert por R$ 329.990
Peugeot e-Expert

Peugeot e-Expert | Imagem: Divulgação

A pauta ESG é um tema que ganha cada vez mais espaço nas estratégias das grandes empresas. A sigla, que em inglês enfatiza os cuidados nas áreas de Environmental (Ambiental), Social e Governance (Governança), também é observada com cada vez mais atenção pelos consumidores, que tendem a valorizar e adquirir produtos de companhias que zelem por esses três setores em suas operações.  

No contexto automotivo e corporativo, a questão do ESG passa pelas formas com que produtos e serviços de determinada empresa chegam até seus consumidores. E é aqui que as fabricantes buscam formas de oferecer veículos cada vez mais neutros nas emissões de poluentes. 

Aqui no Brasil, duas novidades nesse segmento foram apresentadas pelas francesas Peugeot e Citroën. Estamos falando dos irmãos e-Expert e ë-Jumpy, que chegam ao mercado por R$ 329.990 e contam com propulsão completamente elétrica. 

Gêmeos na mecânica, tanto o Peugeot e-Expert quanto o Citroën ë-Jumpy contam com uma robusta bateria de 75 kWh, que pode oferecer aos dois modelos autonomia na casa de 330 km.

O motor elétrico conta com 136 cv e o torque instantâneo de 26,5 kgfm deve conferir aos dois furgões médios boa desenvoltura no uso cotidiano mesmo quando receberem carga máxima. 

O compartimento de carga suporta volume de 6,1 m³ e pode receber até 1 tonelada. A largura entre as caixas de rodas é de 1,25 metro, enquanto o mecanismo das portas traseiras verticais permite abertura de 180º, o que torna possível o carregamento do furgão diretamente por meio de uma empilhadeira. 

Segundo as marcas francesas, os dois furgões vão oferecer ainda sistema de recarga rápida para obter 80% da capacidade da bateria em até 45 minutos. Ambos também contam com sistema de freios regenerativos. 

Importante destaca que tanto a Peugeot quanto a Citroën vão oferecer garantia de 3 anos ou 100 mil km para o veículo completo, porém a bateria principal do sistema é coberta por 8 anos ou 160 mil km. 

Internamente, os furgões podem transportar até 3 pessoas e são equipados com os controles de tração e estabilidade, ABS, regulador e limitador de velocidade, indicador de fadiga do motorista, luzes de condução diurna em LED, acendimento automático dos faróis, sensor de estacionamento, freio de estacionamento com acionamento elétrico, sensor de chuva, entre outros. O preço, seja para o modelo da Citroën quanto da Peugeot, será de R$ 329.990. 

Ponto interessante é que ambos podem ser conduzidos por motoristas com habilitação do tipo B.   

Opcionalmente, o ë-Jumpy e o e-Expert poderão receber central multimídia com tela de 7” e câmera de ré. Em termos de cores, os furgões terão como opções a tonalidade sólida Branco Banquise e a metálica Cinza Artense. 

As duas marcas vão oferecer serviço de assistência para panes em todo o território nacional e com operação 24h para os furgões elétricos, bem como esperam entrar em 2022 com toda a rede de concessionárias capacitada para reparos e revisões em veículos elétricos. 

Olhando para o futuro, tanto a Peugeot quanto a Citroën já contam com um projeto para descarte das baterias com a ajuda de uma consultoria especializada na área ambiental.