Empresa lança quadriciclo que se transforma em jet-ski

Gibbs Quadski tem motor BMW de 175 cv e atinge até 72 km/h na terra ou na água

Gibbs Quadski | Imagem: Gibbs

Um projeto um tanto peculiar acaba de entrar em produção nos Estados Unidos. A Gibbs Sports Amphibians anunciou nesta semana a chegada do Quadski, um quadriciclo que ao toque de um botão no painel se transforma em moto-aquática em apenas 5 segundos. Segundo a fabricante, o veículo anfíbio chega às lojas nos EUA em novembro custando US$ 40 mil, cerca de R$ 81,3 mil sem contar impostos do Brasil.

Desenvolvido para o uso recreativo, o Quadski é equipado com um motor 1.300 cc fornecido pela divisão de motocicletas da BMW capaz de gerar 175 cv e 14,2 kgfm e torque.

O motor do “quadriciclo aquático” serve tanto para mover as rodas do eixo traseiro como para girar o rotor do impulsor para propulsão naútica. Em ambos os modos, de acordo com a Gibbs, o Quadski tem velocidade máxima limitada a 72 km/h. A empresa ainda afirma que o veículo tem alcance de até 600 km ou de duas horas de funcionamento ininterrupto, seja em terra firme ou na água, graças ao tanque de gasolina com 56 litros de capacidade. Já a instrumentação é simples, ficando concentrada em apenas um relógio na parte central do painel.

Apesar das dimensões generosas para um quadriciclo (ou um jet-ski), o Quadski é indicado para levar apenas o condutor. Conforme dados da fabricante, o veículo tem 3,04 metros de comprimento e pesa 650 kg.

“O Quadski é fruto de um investimento de mais de US$ 200 milhões e duas milhões de horas de trabalho em um período de 15 anos”, revela Alan Gibbs, proprietário da marca, que por enquanto oferece apenas o quadriciclo náutico. Conforme comunicado da fabricante, mais de 300 componentes tiveram de ser criados e patenteados para a idealização do projeto.

O plano da Gibbs é produzir 1.000 unidades do Quadski em seu primeiro ano de mercado. A empresa também planeja exportá-lo para fora dos EUA a partir de 2014. Estão na mira da fabricante países da Europa e América Latina. Tomara que também venha para o Brasil!

Assine a newsletter semanal do AUTOO!