Entre os carros mais vendidos, Fiat Mobi tem o seguro mais barato

Jeep Compass, por sua vez, tem o maior custo tanto para o público feminino como masculino
Fiat Mobi 2021

Fiat Mobi 2021 | Imagem: Divulgação

A corretora online Minuto Seguros divulgou nesta semana seu levantamento onde aponta o custo da cobertura para os 10 carros mais vendidos do Brasil tomando como base o mês de março.

A pesquisa da corretora usa como referência as capitais São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Recife (PE), Goiânia (GO), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Vitória (ES) e Salvador (BA). São levadas em conta as seguradoras Azul, Alfa, Aliro, Allianz, Bradesco, HDI, Itaú, Liberty, Sompo Seguros, Mapfre, Mitsui, Porto Seguro, Tokio Marine, Sulamerica e Zurich. Tanto para o perfil masculino como feminino, é considerada a idade de 35 anos e o estado civil casado (a). Para o levantamento, a Minuto Seguros se baseia no menor valor do seguro dentro dos perfis cotados com as empresas. 

Na análise tomando como referência o mês passado, o valor médio do seguro mais barato para o público masculino ficou com o Fiat Mobi. No levantamento realizado, os homens pagam R$ 1.784. Enquanto isso, o posto de valor médio do seguro mais alto ficou com o Jeep Compass, no caso R$ 4.660. Para as mulheres, o menor preço médio do seguro registrado em março também foi o do Mobi: R$ 1.364. O mais caro, assim como ocorreu para o público masculino, ficou a cargo do Compass: R$ 3.683. 

A empresa responsável pela pesquisa destaca que o preço médio do seguro de todos os 10 veículos da lista entre as capitais cotadas em março foi de R$ 2.700 para os homens, cerca de 19% maior do que o registrado em fevereiro. Para as mulheres, considerando este quesito, o valor médio foi de R$ 2.041 e representou também uma elevação de 19% em comparação ao mês anterior. 

Voltando ao Fiat, o Mobi é o que apresenta a menor diferença entre as capitais cotadas para homens. O valor mais alto está no Rio de Janeiro, com R$ 2.173, e o menor em Florianópolis, por R$ 1.398, uma diferença de R$ 775. No contraponto da oscilação de valores, ainda citando o público masculino, o Compass é o que possui a maior diferença entre estados: R$ 3.544. A mais alta no Rio de Janeiro, R$ 7.169, e a menor em Florianópolis, com R$ 3.625. Para os homens, Florianópolis é a cidade com seguro mais barato: nove dos dez carros da lista. 

Nos seguros com valores mais altos, o Rio de Janeiro é a cidade que detém os maiores preços: sete dos dez veículos. Florianópolis registrou o menor preço entre todos os modelos para os homens: R$ 1.333 praticados no caso do Onix Plus. O preço médio do seguro para homens, na capital paulista, para os 10 carros mais vendidos é de R$ 2.514. Já no Rio de Janeiro, o valor é de R$ 3.687. 

Entre os SUVs, o Chevrolet Tracker, que foi o utilitário esportivo mais emplacado no Brasil em março, registrou elevação no preço médio do seguro. Para os homens, o acréscimo foi de 10,6%, enquanto para as mulheres o aumento chegou a 7,4%. A cobertura do modelo em Florianópolis ficou em R$ 2.058 para o perfil masculino, alcançando até R$ 4.696 no Rio de Janeiro e R$ 3.572 em São Paulo. 

O Creta, da Hyundai, seguiu a mesma toada, com variação para cima do valor médio seguro: 4,6% para o público masculino e 1,3% para o feminino. O Renegade, da Jeep, registrou elevação no preço médio do seguro para o público masculino na ordem de 6,2%. Em compensação, o público feminino viu esse valor cair 3,6%. O mesmo movimento foi observado quanto à média das cotações do seguro do T-Cross, da Volkswagen: elevação de 3% no preço para os homens e queda de 1% no valor para as mulheres. 

Pesquisa com o valor dos seguros para os carros mais vendidos em março
Pesquisa com o valor dos seguros para os carros mais vendidos em março
Imagem: Divulgação