Estudo aponta prejuízo acima de R$ 200 milhões das concessionárias no RS

Rio Grande do Sul representa quase 7% do mercado de usados e sofre com interrupção nas vendas
Carros em alagamento em Porto Alegre (RS) durante aas fortes chuvas que atingiram a região

Carros em alagamento em Porto Alegre (RS) durante aas fortes chuvas que atingiram a região | Imagem: Reprodução/Rafa Neddermeyer/Agência Brasil

Já começam a medir a dimensão dos prejuízos causados pelas fortes chuvas e alagamentos no Rio Grande do Sul com relação às concessionárias de veículos. De acordo com estudo da Megadealer by Auto Avaliar, entre 5% e 10% do total da frota de carros do Estado, que soma ao redor de 2,8 milhões, tenha ficado inutilizada.

VEJA TAMBÉM:

Ainda conforme a mesma fonte,  232 concessionárias gaúchas mapeadas pela plataforma de vendas Auto Avaliar – sendo 134 que integram o sistema da empresa – tinham em estoque um total de 3.850 carros, e as vendas ao consumidor final somaram 2.857 unidades em abril. No mês passado, as concessionárias receberam 17.250 avaliações, o que representa 6,8% do volume Brasil.

Além disso, estima-se que ticket médio dos carros usados vendidos no mês de maio somou R$ 80.001,00. Aplicando este valor ao estoque das concessionárias gaúchas, o valor total fica próximo a R$ 300.003,850. Já em termos de vendas ao consumidor final, o total de abril representa cerca de R$ 228.562,857.

Prejuízos e trabalho de reconstrução

“O setor passa por uma crise sem precedentes, pois mesmo aqueles que não perderam parte da sua frota sofrem com a queda da demanda, já que a economia se encontra estagnada e vai se manter assim por um tempo, prejudicando o giro de estoque”, afirma o CEO da Auto Avaliar, J.R. Caporal. 

Diante da dimensão dos danos, a perspectiva é de que num primeiro momento a demanda fique paralisada, seguida de uma onda de crescimento forte, mas com mudanças nos hábitos de consumo. Caporal  também diz que  nem todas as apólices de seguro contam com cobertura para este tipo de desastre natural.

Entretanto, diante da dimensão das perdas, o volume de estoque das concessionárias que não foram afetadas é pequeno e pode não ser o suficiente para suprir a demanda futura. “Só que no curto prazo estas concessionárias precisam vender para sua sobrevivência e a saída tem sido buscar consumidores em outros estados”, explica Caporal.

Siga o AUTOO nas redes: WhatsApp | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

Carlos Guimarães

Jornalista há mais de 20 anos, já acelerou várias novidades, mas não dispensa seu clássico no final de semana

Recomendados por AUTOO

Youtube
RAM Rampage Laramie a diesel

RAM Rampage Laramie a diesel

Será que ainda é vantajoso ter picape com motor turbodiesel?
Aviação
Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Mas nega que isso possa atrapalhar operação dos novos Gripen suecos
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções