Evento reune 500 relíquias do automobilismo nacional em São Paulo

1º Clássicos Brasil recebe carros nacionais que marcaram época e fizeram história no País; evento acontece am São Paulo até 25 de janeiro

Puma GT 1967, último modelo com motor DKW | Imagem: Divulgação

Mesmo quem não é aficcionado por carros vira o pescoço ao ver na rua um carro antigo bem conservado, com a pintura brilhando. Não tem jeito, os "senhores" do automobilismo chamam atenção, seja pela conservação ou por despertarem lembranças do passado. Além das histórias particulares, muitos deles contam a história do Brasil, como o famoso Itamarati Presidencial 1967 número 0001, que estará exposto no 1º Clássicos Brasil, evento que acontece a partir desta sexta-feira (23) e vai até domingo (25), no Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo. 

De acordo com a organizacão do evento, a expectativa é conseguir reunir 500 carros de fabricação nacional, sendo obrigatoriamente 80% original. Entre os carros expostos, ícones que marcaram época como Romi Isetta (1959), Puma GT DKW (1968), Karmann Ghia Conversível (1969), Maverick GT (1976), Charger RT, Fusca ‘Pé de Boi’, Galaxie Ambulância, Gordini ‘Teimoso’, Opala SS e Simca Chambord. O evento é um tributo a Fábio Steinbruch, entusiasta e apaixonado por carros antigos nacionais. Da coleção dele, estarão expostos os modelos Brasinca Uirapuru, Dodge SE, Gordino 1093, JK, Simca Presidence e SP2.

“Será um passeio para apreciar os automóveis e também interagir com os donos que tem muita paixão pelo carro e muita história para contar. Uma verdadeira volta ao passado, com certeza, com boas recordações para todos”, afirma José Ricardo de Oliveira, organizador e realizador do evento.

Veja mais: Volks comemora Dia Nacional do Fusca 

Para completar o contexto de "antiguidades", os visitantes poderão adquirir peças antigas no chamado ‘mercado das pulgas’, no qual cerca de 30 expositores farão parte. A ideia foi inspirada no ‘Marché aux puces’, primeiro do gênero que foi realizado subúrbio do norte de Paris, um grande bazar ao ar livre que recebeu esse nome devido à venda de vestuário, muitas vezes infestado por pulgas.

São Paulo 1960
Divulgação

Tumultuado trânsito dos anos de 1960, quando a porteira do Brás se fechava provocava filas enormes nas Avenidas Celso Garcia e Rangel Pestana

Os automóveis expostos serão avaliados e premiados os mais originais de cada época. A avaliação será de acordo com a orientação da Federação Brasileira de Veículos Antigos (FBVA), em que serão consideradas, principalmente, originalidade e importância histórica. Os carros serão classificados dentro de uma das cinco categorias, divididas por períodos: categoria JK (veículos fabricados até 1960), Tropicalismo (entre 1961 e 1966), Milagre Brasileiro (entre 1967 e 1973), Geração Disco (entre 1974 e 1982) e Nova República (entre 1983 e 1992).

Além dos carros, o evento terá espaço kids, espaço mulher, venda de carros, simulador de corrida e comidinhas dos food trucks. O ingresso custa R$ 25,00 e pode ser adquirido pelo www.ticketfacil.com.br/classicos-brasil ou na bilheteria do clube nos dias do evento. Mais informações estão disponíveis no site www.classicosbrasil.com.br.

Recomendados por AUTOO

Youtube
Toyota Corolla Cross 2025 muda para encarar chineses

Toyota Corolla Cross 2025 muda para encarar chineses

Modelo ganhou novo visual e alguns equipamentos interessantes. Assista
Aviação
Maior avião brasileiro está combatendo incêndios no Pantanal

Maior avião brasileiro está combatendo incêndios no Pantanal

Embraer KC-390 da FAB pode ser convertido para avião bombeiro. Veja como funciona
MOTOO
Bajaj inaugura fábrica no Brasil

Bajaj inaugura fábrica no Brasil

Uma das maiores montadoras do mundo, a gigante indiana construiu fábrica própria em Manaus para produção de motocicletas