Fiat 500 retorna ao Brasil após hiato de um ano

Linha 2017 chega em versão única Cult com preço mais salgado de R$ 61.396
Fiat 500 2017

Fiat 500 2017 | Imagem: Divulgação

O 500 (Cinquecento) foi lançado no Brasil com pompa. Era o carro que marcava uma espécie de renascimento da Fiat após anos de prejuízo na Europa. Primeiro vindo da Polônia e depois importado do México, o subcompacto aproveitou bem a onda retrô de alguns anos atrás – em 2012 vendeu nada menos que 15,9 mil unidades.

O segredo era o dólar baixo, somado à ausência de imposto de importação do México. Com isso, a versão de entrada, com motor 1.4 8V e câmbio manual, custava apenas R$ 40 mil na época. Mas, como todos sabem, a situação mudou para pior, primeiro com o Inovar Auto, que restringiu importações, e depois com o dólar caro e a crise econômica.

Por isso, o 500 teve um “sabático”: a linha 2016 não chegou e a Fiat apenas acabou com o estoque da linha 2015. Agora, o carrinho voltou a ser importado já como linha 2017 e (más) notícias. Será oferecido apenas na versão Cult 1.4 com motor Evo Flex e câmbio manual de 5 marchas.

O preço é bem mais salgado, R$ 61.396, mas o 500 conta agora com a central multimídia Uconnect com 5 polegadas, além de algumas novividades como indicador de seleção de marchas e monitoramento de pneus. A versão também traz de série o teto solar panorâmico.

Ou seja, com o dólar ainda nas nuvens, o Fiat 500 segue no portfólio da marca apenas para os fãs um pouco mais abastados.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!