Chega de carro cinza: Fiat terá só cores vibrantes em seus carros...na Europa

Marca afirma que vai vender carros com as cores do céu, do sol, do mar e da terra italiana, a começar com o novo SUV 600
Fiat 600e pintado de laranja

Fiat 600e pintado de laranja | Imagem: Reprodução

A Fiat não vai mais fabricar carros cinza na Europa. A marca anunciou que, a partir do novo SUV 600, não vai mais oferecer a cor em sua linha, apesar de manter outros tons neutros como branco e preto.

A partir de agora, as cores da linha atual e futura da Fiat são inspiradas, segundo comunicado da marca, no mar, no sol, na terra e no céu da Itália. “A Itália é o país das cores e, a partir de hoje, os carros da Fiat também”,  disse Olivier Francois, CEO da Fiat e chefe de marketing da Stellantis.

A ação, a princípio, será feita na Europa para os modelos lá vendidos —500, 500 Hybrid, 500X, Panda e Tipo—, e a cor cinza continuará disponível no Brasil.

O primeiro carro a não ter o cinza como opção será o 600e, SUV elétrico que será lançado no próximo dia 4. Entre as cores anunciadas estão, além do branco e do preto, dois tons de laranja, três de azul, dois de verde, um de vermelho e um rosa.

Siga o AUTOO nas redes: Instagram | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

Em um vídeo, a Fiat mergulha um 600e cinza em um balde de tinta laranja. Veja abaixo.

Fernando Pedroso

Apaixonado por carros desde criança, se formou em jornalismo para trabalhar com automóveis. Realiza esse sonho desde 2006, e participando no AUTOO a partir de 2023

Recomendados por AUTOO

Youtube
RAM Rampage Laramie a diesel

RAM Rampage Laramie a diesel

Será que ainda é vantajoso ter picape com motor turbodiesel?
Aviação
Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Mas nega que isso possa atrapalhar operação dos novos Gripen suecos
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções