Fiat Viaggio é apresentado na China

Repleto de tecnologia, sedã é a escolha certa para substituir o Linea no Brasil

Fiat Viaggio | Imagem: Fabiano Mazzeo

O Salão de Pequim abriu as portas e a Fiat tratou de acelerar o lançamento do Viaggio. Conforme mostrou o AUTOO, o sedã é a versão chinesa do novo Dart, apresentado em Detroit. Ele também é o primeiro modelo deste segmento produzido pela marca na China e um projeto pioneiro após a aliança entre os Grupos Fiat e a Chrysler.

Fabricado sobre a plataforma CUSW, o Viaggio terá duas opções de motorização turbo 1.4 T-Jet. O primeiro propulsor tem 120 cv, enquanto o segundo desenvolve 150 cv.

Veja mais: Fiat Viaggio surge em teasers

Os clientes poderão escolher entre um câmbio manual de 5 marchas ou uma moderna transmissão automática de dupla embreagem com 6 velocidades. A nova plataforma tem 4,67 m de comprimento, 1,85 m de largura e um entre-eixos com 2,70 m. Como comparação o Fiat Linea à venda no Brasil mede 4,56 m, largura de 1,73 m e 2,60 m de distância entre-eixos.

Com essas características, o Viaggio seria a opção mais pedida para substituir o modelo no Brasil, porém, a informação que o carro acabou de passar por um facelift na Europa deixa uma interrogação na cabeça dos consumidores brasileiros: porque renovar o visual do Linea, quando se tem um carro mais moderno?

A Fiat também garante que o três volumes chinês terá um interior esbanjando acabamento de alta qualidade, aço escovado e peças cromadas. Na versão top de linha, um monitor sensível ao toque de 8,4 polegadas também estará presente no habitáculo, equipado com sistema de navegação e interação com o motorista.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!