Fim da linha para o Lamborghini Gallardo

Com exemplar de número 14.022, Lamborghini encerra produção do seu modelo mais produzido na história; sucessor Cabrera deve chegar em 2014

Lamborghini encerra a produção do Gallardo | Imagem: Divulgação

A Lamborghini divulgou nesta semana a imagem do último Gallardo produzido em Sant’Agata Bolognese, na Itália. Um dos esportivos mais emblemáticos da marca, o Gallardo foi produzido durante 10 anos e foi também o modelo mais vendido de toda a história da montadora italiana. Dos 30 mil carros fabricados pela companhia desde 1963, a producão do Gallardo representa quase 50% desse número.

O exemplar derradeiro, de número 14.022,  é um LP 570-4 Spyder Performante Edizione na cor vermelho Mars, destinado a um colecionador anônimo. O esportivo é equipado com um bloco V10 de 5.2 litros que gera 570 cv de potência e 54 kgfm de torque. De acordo com o fabricante, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos e ultrapassa os 300 km/h de velocidade máxima.

Seu design agressivo aliado ao conjunto mecânico fez do superesportivo um dos grandes destaques não apenas do segment de “carrões”, mas também da própria Lamborghini. Para se ter uma ideia, nas primeiras quatro décadas de produção da marca italiana, eram fabricados cerca de 250 veículos por ano. Após o Gallardo, este número chegou a uma media de 2 mil carros por ano, ou seja, o modelo elevou a produção de Sant’Agata Bolognese a um outro patamar.

Para ocupar seu lugar, a empresa já trabalha no desenvolvimento de outro superesportivo, o Cabrera. E, ao que tudo indica, a novidade será apresentada no ano que vem.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!