Flagra: BYD King roda em testes no Brasil e quer encarar o Toyota Corolla

Sedã híbrido foi visto com pouca camuflagem no interior de São Paulo; faz até 26 km/l
BYD King flagrado no interior de São Paulo

BYD King flagrado no interior de São Paulo | Imagem: Alberto Polo Jr

Quem achava que os sedãs médios tinham acabado, pode ir revendo a opinião, porque pelo menos a BYD está disposta a investir no segmento e já roda em testes com o King, um híbrido plug-in que quer tirar o sono do Toyota Corolla ainda neste ano. O esperado é que chegue em junho com preços entre R$ 180 mil e R$ 200 mil. O Corolla, que é híbrido pleno, tem versões entre R$ 187.790 e R$ 198.890.

> Fique por dentro de tudo através do nosso canal do WhatsApp

As fotos do flagra são do leitor Alberto Polo Jr., que viu o carro na rodovia Dom Pedro I, próximo a Campinas. Apesar da camuflagem, o BYD King já tem o visual conhecido na China.

Traz grade filetada, faróis finos como no Song Plus e formato na carroceria que faz a traseira ter uma queda tipo de cupê, com a tampa do porta-malas bem elevada. As lanternas de LED ocupam toda a largura da traseira.

BYD King flagrado no interior de São Paulo
BYD King flagrado no interior de São Paulo
Imagem: Alberto Polo Jr

Por dentro o King conta com console elevado, a tradicional tela giratória da BYD e painel digital. O carro tem 4,78 metros de comprimento, 1,84 m de largura, 1,49 m de altura e 2,72 m de distância entre-eixos. O porta-malas conta com 488 litros de capacidade. O Corolla é um pouco menor com 4,63 m de comprimento, 1,78 m de largura, 1,45 m de altura e entre-eixos de 2,70 m. O bagageiro tem 470 litros.

O esperado é que o King chegue ao Brasil com motor 1.5 híbrido plug-in, o mesmo do Song Plus, mas com mais potência. Deve chegar aos 260 cv de potência combinada e 40 kgfm de torque. A potência é mais que o dobro na comparação com o Corolla, que tem 122 cv e 16,6 kgfm de torque. Segundo a BYD, o King pode chegar aos 100 km/h em 7,9 segundos.

BYD King flagrado no interior de São Paulo
BYD King flagrado no interior de São Paulo
Imagem: Alberto Polo Jr

A bateria do King tem 18,3 kWh de capacidade e pode mover o sedã por até 100 km somente em modo elétrico. Segundo a BYD, o híbrido pode fazer mais de 26 km/l com gasolina e ter uma autonomia de 1.200 km com um tanque cheio e baterias carregadas no ciclo europeu WLTP, mais otimista que o nosso PBEV (Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular).

Siga o AUTOO nas redes: WhatsApp | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

Recomendados por AUTOO

Youtube
RAM Rampage Laramie a diesel

RAM Rampage Laramie a diesel

Será que ainda é vantajoso ter picape com motor turbodiesel?
Aviação
Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Mas nega que isso possa atrapalhar operação dos novos Gripen suecos
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções