Flagra: Citroën Basalt exibe interior mais luxuoso que do Aircross

SUV cupê que chega neste ano pode ter saídas de ar para o banco traseiro entre outras melhorias
Citroën Basalt flagrado na Índia

Citroën Basalt flagrado na Índia | Imagem: Reprodução/Instagram

Cada vez mais perto do lançamento, flagras do Citroën Basalt têm aparecido com frequência tanto no Brasil quanto na Índia, países que trabalham juntos no desenvolvimento do SUV cupê que será lançado ainda neste ano. E as fotos que apareceram desta vez mostram um interior mais luxuoso.

Os flagras foram feitos na Índia e publicados pelo @stellantis_clube no Instagram. Além do visual externo com pouca camuflagem, as imagens revelam uma opção de interior com diversas melhorias em relação ao Aircross, mesmo nas versões top de linha. As mudanças, aliás, poderão ser aplicadas nos dois modelos.

Citroën Basalt flagrado na Índia
Citroën Basalt flagrado na Índia
Imagem: Reprodução/Instagram

Os incômodos botões dos vidros traseiros entre os bancos dianteiros deixam de existir e vão finalmente para as portas. No lugar das teclas, o Basalt ganha um baú que também serve como apoio de braço para os ocupantes da frente. Quem se senta atrás, com isso, ainda ganha duas saídas de ar-condicionado e mantém as portas USB para carregar os celulares.

O painel é aparentemente o mesmo do C3 e do Aircross, mas com cores e texturas diferentes. A unidade flagrada trazia cores claras, que agradam mais ao público indiano e não devem ser oferecidas no Brasil. O ar-condicionado parece se manter com comandos analógicos. No começo do ano, executivos da marca disseram que a linha ganharia chaves dobráveis ou de presença e ar digital.

Citroën Basalt flagrado na Índia
Citroën Basalt flagrado na Índia
Imagem: Reprodução/Instagram

Como será o Basalt

O SUV cupê será uma espécie de Aircross com uma traseira mais inclinada. Até as portas dianteiras os carros são bem parecidos, mas a partir das traseiras o recorte do teto diminui a angulação, terminando em uma traseira curta. A tampa do porta-malas se abre inteira, como em um hatch. O desenho já foi revelado pelo conceito Basalt Vision, em março.

Assim como o Aircross, o Citroën Basalt deve ser equipado com o motor 1.0 turboflex GSE de três cilindros, com 12 válvulas e injeção direta de combustível, de origem Fiat. São até 130 cv de potência e 20,4 kgfm de torque com etanol, acoplado a um câmbio CVT com sete marchas simuladas.

Citroen C3X flagrado na Índia
Citroen C3X flagrado na Índia
Imagem: Reprodução/Instagram

As dimensões também devem ser parecidas com as do SUV de sete lugares, que mede 4,32 m de comprimento, 1,80 m de largura, 1,67 m de altura e 2,67 m de distância entre eixos. O Basalt deve custar entre R$ 110 mil e R$ 140 mil nos valores de hoje e terá como principais concorrentes Renault Kardian, Fiat Pulse e Volkswagen Nivus

Siga o AUTOO nas redes: WhatsApp | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

Recomendados por AUTOO

Youtube
RAM Rampage Laramie a diesel

RAM Rampage Laramie a diesel

Será que ainda é vantajoso ter picape com motor turbodiesel?
Aviação
Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Mas nega que isso possa atrapalhar operação dos novos Gripen suecos
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções