Com lançamento no Brasil marcado para a próxima semana, o Focus 2016 foi apresentado no Salão de Buenos Aires. Com mudanças estéticas em linha com a versão europeia, o carro global da Ford agora tem nova frente mais discreta e integrada ao estilo da marca, além de outras pequenas alterações estéticas. 

O modelo também passa a contar com um interior repensado para ser mais intuitivo e eficiente, mas é na estratégia de preços que a Ford promete surpreender, segundo apurou o iG. A ideia é tornar o carro, fabricado na Argentina, mais acessível e equipado e, assim, conter o provável avanço do Golf VII, que começará a ser fabricado no Brasil nos próximos meses.

Jogando a toalha

Desta vez, a Ford parece ter desistido de tentar fazer da versão sedã o principal modelo da linha – a marca sempre busca colocar o Focus Sedan nos holofotes para fazer frente aos japoneses Civic e Corolla. Em vez disso, ela investirá numa versão esportiva bem equipada a fim de tirar clientes que não estão contentes com as atuais gerações dos modelos da Honda e Toyota.

Ka e Mustang em 2016

No estande da marca no centro de exposições La Rural, os argentinos poderão ver algumas estreias locais como o brasileiro Ka, cujas vendas começarão no segundo semestre de 2016 – hoje a demanda no Brasil impede a exportação do compacto. Já o novo Mustang, presente nas versões cupê e conversível, será vendido no país vizinho no ano que vem, apesar das restrições a produtos de luxo.

O Fusion também está no salão, mas com o nome europeu ‘Mondeo’, assim como a nova F-150, cuja novidade é carroceria em alumínio. Por outro lado, a picape Ranger reestilizada e seu irmão SUV Everest foram as ausências sentidas.

 
 
Ford Focus 2016 Ford Focus 2016
Ford Mondeo, ou  Fusion para os brasileiros Ford Mondeo, ou  Fusion para os brasileiros
Novo Ford Mustang Novo Ford Mustang
Ford Ka nacional Ford Ka nacional
Ford Focus Sedan 2016 Ford Focus Sedan 2016
 
 

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/