Fraco em vendas, Toyota Yaris não será mais oferecido nos EUA

Modelo sofre crise de identidade no mercado norte-americano, sendo oferecido como uma versão Toyota do Mazda 2
Toyota Yaris 2020 vendido nos EUA

Toyota Yaris 2020 vendido nos EUA | Imagem: Divulgação

O Toyota Yaris é um carro multifacetado. Possui suas avançadas configurações para os mercados europeus e japonês, enquanto versões hatch e sedã mais simplificadas são oferecidas em mercados emergentes como o brasileiro. No entanto, é nos EUA que a história fica muito mais confusa.

Como o mercado norte-americano não é muito adepto dos carros pequenos, considerados “subcompactos” por lá, a Toyota não introduziu nenhuma geração recente do Yaris, seja o avançado europeu ou o simplificado para emergentes. Desde 2015, a marca se aproveitou de uma parceria com a Mazda para vender uma versão rebatizada do Mazda 2 sedã como o novo Toyota Yaris de três volumes. Com o mesmo esquema, o Yaris/Mazda 2 hatch chegou nos EUA no ano passado.

Toyota Yaris 2020 vendido nos EUA
Toyota Yaris 2020 vendido nos EUA
Imagem: Divulgação

Apesar de todo esse esforço para manter uma opção realmente de entrada no mercado norte-americano, as vendas desse Mazda da Toyota foram baixas. Em 2019, hatch e sedã acumularam 2.181 unidades comercializadas. O pico de vendas do Yaris, oferecido nos EUA desde 2006, ocorreu em 2008, com 102.328 unidades.

De acordo com o site CarBuzz, as vendas em baixa do Yaris teriam motivado a Toyota a enviar um memorando a seus distribuidores nos EUA comunicando que a produção do Mazda 2 com emblemas de Toyota Yaris vão se encerrar ainda em junho, com as vendas ocorrendo no mercado norte-americano apenas enquanto durarem os estoques. A Toyota reforçou que a medida não afeta outros mercados globais do Yaris.

Detalhe do interior do Toyota Yaris 2020 vendido nos EUA
Detalhe do interior do Toyota Yaris 2020 vendido nos EUA
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!