GWM Haval H6: como anda a versão com bateria menor do SUV híbrido plug-in

Para encarar o BYD Song Plus, modelo entrega 326 cv e consumo de até 36 km/l em opção intermediária
GWM Haval H6 2025

GWM Haval H6 2025 | Imagem: Divulgação

O GWM Haval H6 tem um alvo: o BYD Song Plus, SUV híbrido mais vendido do Brasil. Para isso, conta com versões híbridas plena e plug-in. Mas faltava uma versão que brigasse em preço e autonomia, que chegou na última semana, a PHEV19.

VEJA TAMBÉM:

A sigla que dá o nome à versão é de híbrido plug-in, que precisa ter a bateria carregada por fonte externa. Já o número é sua capacidade, ou seja, 19 kWh. Ela fica abaixo da PHEV34, que custa R$ 269 mil, muito acima do Song Plus (R$ 239.800). A pedida é R$ 229 mil até o dia 20. Depois disso se equipara ao rival e passa a custar R$ 239 mil.

GWM Haval H6 2025
GWM Haval H6 2025 tem uma barra luminosa na tampa traseira, algo comum nos SUVs modernos
Imagem: Divulgação

E contra o Song Plus a nova opção de Haval H6 oferece mais potência —são 326 cv extraídos da combinação do motor 1.5 turbo a gasolina com o elétrico ligado só ao eixo dianteiro (o PHEV34 tem um em cada eixo). O rival da BYD tem motor 1.5 aspirado e um elétrico dianteiro com 235 cv combinados.

A autonomia no modo elétrico também é maior no GWM. Segundo o Inmetro, o Haval faz 74 km sem gastar gasolina enquanto o Song Plus chega aos 68 km. A diferença é pequena pois os tamanhos das baterias são bem próximos: 19 kWh contra 18,3 kWh do BYD.

Vendo de perto

Fomos conhecer o novo Haval H6 PHEV19 e o primeiro contato é através do visual. Ele não muda nada em relação ao H6 que já conhecemos, seja o HEV ou o PHEV34, a não ser o desenho das rodas de 19 polegadas. É por dentro que as coisas mudam.

GWM Haval H6 2025
GWM Haval H6 2025 conta com  rodas com acabamento diamantado de aro 19 entre os equipamentos
Imagem: Divulgação

No interior, o revestimento dos bancos é feito em cinza claro. Saem os frisos escurecidos e entram apliques na cor cobre, quase um rosado. A central multimídia tem 12,3 polegadas. O acabamento é muito caprichado.

A lista de equipamentos se mantém inalterada com itens como controle de cruzeiro adaptativo (ACC), frenagem autônoma emergencial, alerta de tráfego cruzado traseiro, assistente permanência em faixa, detector de fadiga, head-up display, assistente autônomo de ré a até 50 metros, câmera em 360 graus, seis airbags e teto solar panorâmico.

GWM Haval H6 2025
GWM Haval H6 2025 conta com aspecto furutista no interior, com tela central de 12,3 polegadas
Imagem: Divulgação

O contato com o SUV híbrido foi bem curto, mas deu para sentir o bom desempenho. Segundo a fábrica, o H6 PHEV19 chega aos 100 km/h em 7,6 segundos e tem velocidade limitada a 180 km/h. No trânsito de São Paulo, no entanto, o conforto fala mais alto. A suspensão parece ter bom acerto nesse sentido.

Em pouco mais de 10 km de trajeto dentro da cidade, não foi possível avaliar o consumo e a durabilidade da bateria, mas vamos acreditar na GWM, que promete cerca de 36 km/l. O computador de bordo marcava mais de 40 km/l quando o teste chegou ao final, mas precisamos de um uso mais extenso para saber ao certo.

Mas em termos de tecnologia, acabamento e conforto, a aposta está bem feita. Resta saber se o H6 vai bater mesmo o Song Plus. A ver.

Siga o AUTOO nas redes: WhatsApp | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

Recomendados por AUTOO

Youtube
Fiat Strada: qual o segredo de sucesso da picape?

Fiat Strada: qual o segredo de sucesso da picape?

5 pontos que explicam por que o veículo vende tanto até hoje
Aviação
Embraer revela seu primeiro táxi-voador!

Embraer revela seu primeiro táxi-voador!

Veículo elétrico ainda não leva pessoas e será testado em voo ainda em 2024
MOTOO
Royal Enfield Guerrilla 450: todos os detalhes e 50 fotos

Royal Enfield Guerrilla 450: todos os detalhes e 50 fotos

Conheça preço, ficha técnica, desempenho, motor cores e versões da moto confirmada para o Brasil