A Honda não tem colhido, ainda, bons frutos do novo Civic. Basicamente, a atual geração desagradou visualmente e dinamicamente, indo justamente na direção contrária da versão anterior, de visual e dirigibilidade mais agressivos. Já com o modelo destinado ao mercado europeu, a montadora japonesa quer uma segunda chance.

Teasers e informações do novo Civic europeu, que é um hatch, foram revelados pela empresa, que faz questão de deixar claro que usou ex-engenheiros da Fórmula 1 para “refinar a dirigibilidade do carro e garantir suavidade em todas as condições de piso”. A montadora também ressalta que horas de trabalho no túnel de vento melhoraram a performance, reduziram o consumo de combustível e resultaram num interior excepcionalmente silencioso.

Nenhuma informação sobre equipamentos ou motores foi divulgada – tais dados serão revelados durante o Salão de Frankfurt, no próximo mês, onde o hatch japonês fará sua estreia mundial.

Rodrigo Mora

|