A Hyundai divulgou nesta terça-feira (09) os primeiros desenhos do Venue, seu mais novo utilitário esportivo compacto. Posicionado abaixo do Creta e do Kona, o SUV terá sua estreia oficial no próximo dia 17 durante o Salão de Nova York.

Embora sejam ilustrações, as imagens confirmam a boa impressão causada pelas fotos que vazaram na semana passada na Coreia do Sul e que revelaram parcialmente o Venue. O modelo traz laços de identidade com seus irmãos maiores como os faróis afilados separados do conjunto de neblina. Na parte traseira, uma bela solução de lanternas retangulares, porém, suavizadas. O SUV exibe muitos frisos e reentrâncias que ressaltam sua esportividade.

O painel, como vimos, é um passo à frente em termos de qualidade e ergonomia. Traz uma central multimídia destacada do painel que nos desenhos têm duas tonalidades e difusores com molduradas bem marcantes. Pena que o cluster não tenha sido adiantado, mas pelo pouco que é possível ver nos flagras ele mantém os mostradores analógicos, uma pena.

Seria bem-vindo no Brasil?

Como antecipamos anteriormente, a Hyundai sempre tem dito que não tem planos de lançar mais um SUV pequeno para fazer companhia ao Creta, que deve receber uma leve reestilização ainda em 2019. Mas é fato que o SUV brasileiro ganhará nova geração em 2020 e deve mudar de patamar, como é natural nessas mudanças.

 

Hyundai Venue 2020
Hyundai Venue 2020
Imagem: Divulgação

 

Com isso, abriria-se uma lacuna importante entre a família HB20 que poderia ser preenchida com um novo SUV. O Venue se encaixaria com perfeição nesse espaço, ainda mais que as concorrentes da Hyundai estão preenchendo esse segmento com modelos mais utilitários esportivos que aventureiros como oCAOA-Chery Tiggo2 ou o JAC T40.

Por essa razão, é bom ficar de olho no Venue na semana que vem. Quem sabe, ele não pode ser uma visão comum nas nossas ruas num futuro não tão distante.

 

Hyundai Venue 2020
Hyundai Venue 2020
Imagem: Divulgação

 

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/