Hyundai Venue, o "mini-Creta", ganha câmbio que remete ao Palio Citymatic

SUV de entrada da marca sul-coreana terá opção na Índia onde o motorista troca marchas, mas não usa embreagem
Hyundai Venue

Hyundai Venue | Imagem: Divulgação

Voltando mais de 20 anos no tempo, vocês podem se lembrar do Fiat Palio Citymatic, ou do Mercedes-Benz Classe A de primeira geração que teve fabricação nacional. Em comum, os dois modelos traziam como opção um sistema de câmbio semi-automático onde o motorista ainda precisa usar a alavanca para trocar marchas, mas o acionamento da embreagem era automático. Enquanto a tecnologia fez pouco sucesso por aqui, a Hyundai crê que essa é uma boa opção para o mercado indiano.

Por lá, a empresa sul-coreana apresentou o Venue iMT. O pequeno SUV que pode ser considerado como um “mini-Creta” lançará mão desse câmbio “manual sem embreagem” para aumentar a participação do modelo no mercado indiano, uma vez que pode ser adquirido como opcional em configurações mais baratas do SUV por lá.

Com seis velocidades, o câmbio manual que dispensa a embreagem será uma opção mais em conta para o Hyundai Venue equipado com motor 1.0 turbo de 120 cv, uma vez que uma caixa manual convencional de seis marchas vem de série e a opção automatizada de dupla embreagem com sete relações é relativamente mais cara que a versão iMT do modelo. Nesse novo sistema, o pedal de embreagem é substituído por um atuador hidráulico e cabe à alavanca de câmbio enviar o sinal avisando que o motorista efetuará uma mudança.

Enquanto a versão de entrada do Hyundai Venue 1.0 turbo com câmbio manual convencional parte de 979.000 rúpias na Índia (cerca de R$ 66,9 mil), a opção que usa um sistema robotizado no lugar da embreagem acrescenta 20.000 rúpias ao valor final (R$ 1,3 mil), levando o valor do modelo a 999.000 rúpias (R$ 68,3 mil).

Hyundai Venue
Hyundai Venue
Imagem: Divulgação