Jaguar afia suas garras com o novo XE

Marca inglesa apresenta seu novo sedã médio para competir com modelos tradicionais do segmento, como Mercedes-Benz Classe e BMW Série 3

O novo Jaguar tem motor V6 de 340 cv | Imagem: Jaguar

Uma nova fera acaba de ser solta na Inglaterra! A Jaguar Cars apresentou nessa segunda-feira (8) o sedã médio XE, um produto para engordar suas vendas mundiais e atrapalhar rivais que até então não estavam preocupados com a fabricante inglesa.

Posicionado abaixo do XF, o novo modelo é tão imponente quanto seu irmão maior e ainda leva certa vantagem por ter incorporado detalhes inspirados no esportivo F-Type. Parecendo um felino prestes a atacar, o design do carro é repleto de “músculos”, mas mesmo assim consegue ser esguio, tanto que é o carro mais aerodinâmico da história da marca.

Para começar chamando atenção, a marca apresentou seu novo produto primeiro na versão mais sofisticada e potente, a XE S. Esse carro inaugura a nova linha de motores Ingenium da Jaguar, que se apresenta no formato do bloco 3.0 V6 Supercharger (compressor mecânico) capaz de gerar 340 cv e 46 kgfm de torque máximo e despontando como o mais potente da categoria. Já o câmbio é automático sequencial de 8 marchas.

Segundo dados da marca, o XE S acelera do 0 aos 100 km/h em 5,1 segundos e continua acelerando até alcançar a velocidade máxima de 250 km/h. Colabora também o fato do carro ser leve, pesando 1.474 kg. De acordo com a marca, a estrutura do XE é construída quase que totalmente de alumínio.

E como todo carro da Jaguar, o XE também vem repleto de luxo. Bancos e parte do console são cobertos com couro “premium”, enquanto o painel pode receber acabamento com lâminas de madeira (de verdade!) ou apliques de alumínio. Há ainda a possibilidade de combinar cores nos estofados, criando um ambiente mais sóbrio ou então esportivo.

O XE também estreia uma nova central multimídia do grupo Jaguar-Land Rover, com comandos mais intuitivos e uma interface visual mais amigável. O aparelho vem com GPS, câmera de ré e conexões USB e Bluetooth para mídias externas. O novo sedã britânico também é o primeiro veículo da marca equipado com direção elétrica, o que permitiu acrescentar o sistema Park Assist, que estaciona o veículo em vagas paralelas sem o motorista precisar tocar na direção.

Jaguar volta ao páreo do sedãs médios

A primeira tentativa da Jaguar em disputar seu espaço entre os sedãs médios de luxo aconteceu com o X-Type, que não obteve o êxito esperado. Derivado do Ford Mondeo (na época em que a Jaguar-Land Rover pertencia a Ford), o modelo não tinha o mesmo nível de sofisticação e requinte de seus rivais alemães, no caso os tradicionais BMW Série 3, Mercedes-Benz Classe C e Audi A4.

Com visual questionável e acabamento idem, o modelo acabou virando um dos pontos negativos na história da Jaguar e motivo de piada entre os ingleses, que não consideram o X-Type um autêntico carro britânico. Mas a história agora deve ser diferente, sobretudo com os fortes investimentos que a indiana Tata Motors, atual dona do grupo Jaguar-Land Rover, vem realizando nos últimos anos.

A Jaguar vai iniciar as vendas do XE no mercado europeu já nos primeiros meses de 2015, mas antes disso o sedã vai dar algumas voltas pelo mundo para ser apresentado ao público em todas as suas versões. A primeira exibição do carro acontece já no final deste mês, no Salão de Paris, na França, e no mês seguinte o modelo desembarca no Salão do Automóvel de São Paulo. O preço do veículo, que será o produto de entrada da Jaguar, ainda não foi divulgado.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!