Jaguar Land Rover lança motores mais eficientes

Novos propulsores Ingenium serão usados em modelos como Jaguar XE e Land Rover Discovery Sport

Motor Ingenium da Jaguar Land Rover | Imagem: Divulgação

Aos poucos a Jaguar Land Rover vai deixando de usar motores de outras marcas em seus modelos – como os da Ford. Nesta semana, o grupo britânico anunciou a chegada da nova família de propulsores Ingenium (um derivado do termo latim para a palavra "motor") que deverá estrear em breve no novo sedã de entrada da Jaguar, o XE, e no novo Discovery Sport, da Land Rover, ambos previstos para estrearem no mercado em 2015.

Todas as versões da família de motores Ingenium terão blocos em alumínio, contribuindo para o baixo peso, e tecnologia turbo de última geração, para melhorar o desempenho, especialmente em velocidades mais baixas, e também reduzir os níveis de emissões de CO2, além de comando de válvulas variável, injeção direta de combustível em alta pressão e sistema start-stop. Haverá versões a diesel e a gasolina.

De acordo com a fabricante, os motores serão configuráveis e flexíveis, de forma a serem instalados em uma nova linha de veículos de ambas as fabricantes. Um exemplo dessa "flexibilidade" dos propulsores Ingenium é capacidade de se adequar às mais distintas utilizações, como equipar automóveis de tração traseira, de tração nas quatro rodas ou até mesmo ser instalado na parte dianteira ou traseira do veículo. Além disso, serão capazes de comportar diferentes tipos de transmissão, tanto automática quanto manual, bem como sistemas híbridos de utilização.

A nova família de motores trará tecnologias para a redução dos níveis de fricção, como rolamentos de balanceador de eixos no lugar de superfícies usinadas em rolamento, bombas de água computadorizadas variáveis (que ajustam a quantidade de forma a refrigerar o motor somente com o necessário e que controla a água que flui pelo motor com base na temperatura, velocidade e características de condução) e bombas de óleo com comando controlado por computador (capazes de economizar energia e fornecer a quantidade ideal de óleo para todas as velocidades, cargas de motor e temperaturas).

A Jaguar Land Rover não revelou detalhes técnicos a respeito dos novos propulsores, mas garantiu que um deles será um 2.0 litros, conhecido como AJ200D, com 17% menos fricção interna em relação aos motores utilizados atualmente, sendo um dos motores 2.0 turbo a diesel mais eficientes e ágeis do mercado.

Para produzir os blocos Ingenium, a Jaguar Land Rover está construindo uma nova fábrica em Wolverhampton, na Inglaterra, com investimento de 500 milhões de libras esterlinas (aproximadamente R$ 1,9 bilhão). Com a nova unidade fabril, serão criados mais de 1.400 novos empregos diretos quando estiver operando em sua capacidade total.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!