Jeep: mini Renegade e mais híbridos estão nos planos

Plano estratégico da FCA aponta para utilitários esportivos ainda maiores, Renegade renovado e inédito modelo de entrada
Jeep Grand Cherokee Trackhawk 2020

Jeep Grand Cherokee Trackhawk 2020 | Imagem: Divulgação

A FCA (Fiat-Chysler Automobiles) apresentou seus planos estratégicos para os próximos cinco anos para seus acionistas. Conforme o informado pela empresa, a Jeep receberá grande foco no futuro próximo, com o lançamento de ainda mais utilitários esportivos, renovações e até a introdução de mais modelos com motorização híbrida ou elétrica.

A novidade que está mais próxima de chegar às ruas é um modelo inédito com três fileiras de bancos, sendo baseado na próxima geração do Grand Cherokee. As primeiras unidades do modelo maior devem sair das linhas de montagem nos EUA até o final do ano, com a nova geração do Grand Cherokee cotada para ser apresentada em meados de 2021.

Ambos deverão utilizar uma variante atualizada da plataforma Giorgio. A arquitetura foi desenvolvida para a Alfa Romeo e já é utilizado no sedã Giulia e no SUV Stelvio. Com isso, acredita-se que o Grand Cherokee crescerá em tamanho, com o modelo de três fileiras tendo entre-eixos e comprimento ainda maiores.

Também em 2021 a Jeep deve apresentar finalmente os modelos Wagoneer e Grand Wagoneer, que utilizam a plataforma da caminhonete RAM 1500. A dupla será ainda maior que o Grand Cherokee e com apelo mais robusto pela arquitetura compartilhada com a picape. Estes modelos deverão ser voltados ao mercados de SUVs luxuosos de grande porte nos EUA.

Já para a 2022, a FCA planeja apresentar um facelift para o atual Cherokee, que também tem uma variante com três fileiras de bancos nos planos. Também programado para um segundo momento estão a repaginação visual do Compass. Tanto o Cherokee quanto o Jeep Wrangler devem receber motorizações híbridas e elétricas futuramente.

Renegade e “mini” Renegade

Mais próxima à realidade dos brasileiros, uma nova geração do Jeep Renegade também está planejada para um período posterior a 2022. No entanto, ainda não há muitas informações confirmadas a esse respeito. Por outro lado, o que está confirmado é o interesse da FCA em introduzir futuramente um novo modelo de entrada da Jeep, ainda menor que o Renegade e dotado de propulsão híbrida plugável, podendo carregar as baterias na tomada.

Jeep Renegade e Compass 4xe First Edition
Jeep Renegade e Compass 4xe: as opções híbridas da dupla
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!
Tags