Jeep Renegade vai mal em crash test, mas versão testada não existe mais

Latin NCap dá uma estrela em teste de colisão de versão antiga feita no Brasil e comprada no Panamá
Jeep Renegade em teste do Latin NCap

Jeep Renegade em teste do Latin NCap | Imagem: Divulgação

O Latin NCap, programa de avaliação de veículos novos para a América Latina e o Caribe, divulgou nesta quarta-feira (5) um resultado ruim para o Jeep Renegade, que ganhou apenas uma estrela na nota que vai até cinco. A marca, no entanto, diz que a versão testada já não é mais fabricada.

As imagens divulgadas mostram uma versão antiga do Renegade, antes do facelift de 2022. O instituto disse que, com a recusa da Stellantis de fornecer uma unidade para teste, comprou um carro no Panamá. O SUV é fabricado em Goiana (PE). 

Procurado, o instituto disse que o carro é 2023 e que a versão sem airbags laterais ainda está disponível em estoque e, por isso, foi avaliada no teste.

"É lamentável que a Stellantis esteja enganando os consumidores da região ao usar um resultado do Latin NCap que simplesmente não pode ser aplicado ao Jeep Renegade recém-avaliado. A Stellantis deveria, pelo menos, retificar essa situação imediatamente e se oferecer para avaliar quaisquer melhorias de segurança no modelo", disse Stephan Brodziak, presidente do conselho de administração do Latin NCap.

Brodziak se refere ao fato da marca dizer em peças publicitárias ter cinco estrelas no teste. No site brasileiro a marca não faz qualquer menção ao instituto.

Segundo o Latin NCap, o carro testado possuía dois airbags e controle de tração e estabilidade como equipamento de série. Alegou que, no impacto frontal, a cabeça da criança de 18 meses entrou em contato com o banco dianteiro, causando perda de pontos.

Também disse que o impacto lateral mostrou boa proteção para o corpo, mas "proteção marginal para a cabeça". O Latin NCap explicou que impacto lateral de poste não foi realizado, pois os airbags de cortina laterais e os airbags laterais de corpo são opcionais para esse modelo.

Esta informação, no entanto, foi desmentida pela Jeep, que explicou, em nota, que a versão sem bolsas laterais já não é mais produzida e que o teste foi realizado em uma geração anterior do modelo.  

Jeep Renegade em teste do Latin NCap
Jeep Renegade em teste do Latin NCap
Imagem: Divulgação

Siga o AUTOO nas redes: Instagram | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

Leia a íntegra da nota:

“O Jeep Renegade produzido no Brasil traz de série, desde as versões mais básicas, seis air bags, alerta de manutenção de faixa, detector de fadiga e frenagem autônoma de emergência, o que o torna um dos veículos mais completos do segmento em equipamentos de segurança. Só estes equipamentos já distanciam por completo o Renegade comercializado no Brasil daquela unidade testada, que sequer é mais produzida. A Stellantis reforça o compromisso na evolução constante da segurança em seus produtos e comercializa modelos com a mais severa exigência de engenharia, qualidade e homologações.”

Recomendados por AUTOO

Youtube
Nova Chevrolet Spin 2025

Nova Chevrolet Spin 2025

Minivan renovada quer fazer frente aos quase SUVs do mercado
Aviação
Argentina terá caças F-16

Argentina terá caças F-16

Jato supersônico é rival do Saab Gripen, da Força Aérea Brasileira. Veja quantos aviões nossos vizinhos compraram
AUTOO
Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Acompanhe as notícias sobre automóveis do site de forma mais rápida e prática!