Cotado para o Brasil: Kia revela a versão definitiva do Sonet

Modelo, que compartilha a plataforma com o Hyundai Venue, mantém visual do conceito e mais equipamentos
Kia Sonet em sua versão definitiva

Kia Sonet em sua versão definitiva | Imagem: Divulgação

Desde o início de 2020, a Kia vinha divulgando aos poucos os detalhes do Sonet, novo SUV de entrada da empresa que é baseado no Hyundai Venue, modelo que a marca sul-coreana oferece para um segmento abaixo do Creta. Agora, a novidade da Kia foi finalmente revelada em sua versão de produção para o mercado indiano.

Até o momento, a marca não divulgou os preços oficiais para o Sonet na Índia. No final do mês passado, quando procurados pelo Autoo, os responsáveis pela marca Kia no Brasil informaram que a empresa tem a intenção de importar o novo SUV ao Brasil, contudo a decisão definitiva ainda precisa ser tomada.

Conforme a montadora já havia prometido, o visual externo do Sonet é muito similar ao do conceito que teve imagens reveladas anteriormente. As principais alterações do carro que vai para as ruas em relação ao das projeções são os pneus de perfil mais convencional e a substituição das maçanetas embutidas nas portas por peças comuns, de puxar. Segundo a Kia, mesmo compartilhando a arquitetura com o Venue, nenhum painel externo do Sonet é reaproveitado do modelo da Hyundai, nem mesmo as portas.

Kia Sonet em sua versão definitiva
Kia Sonet em sua versão definitiva
Imagem: Divulgação

Entre os elementos mantidos do conceito, fica o destaque para detalhes como a grade corporativa da Kia, que ganhou pontos vermelhos no acabamento e também o aspecto de teto flutuante na traseira com o uso de peças plásticas pretas na coluna C e um segmento na cor da carroceria entrecortando a parte posterior do pequeno SUV. O novo Sonet também conta com lanternas afiladas e iluminação por lâmpadas de LED dependendo da versão.

Por dentro, o tema se repete. Elementos como painel, bancos e acabamentos são exclusivos do Kia Sonet e não compartilhados com o Hyundai Venue. Na cabine, chamam a atenção a grande tela da central multimídia com 10,25 polegadas e a mescla de materiais na porção superior do painel, incluindo partes imitando alumínio escovado. O painel de instrumentos mescla elementos digitais e analógicos e pode ser acompanhado por um computador de bordo com tela de TFT.

A Kia confirmou três opções de motorização para o Sonet. As versões de entrada contarão com um 1.2 a gasolina naturalmente aspirado, enquanto as demais poderão ter um 1.0 turbo a gasolina com injeção direta de combustível ou ainda um 1.5 turbodiesel. Os três propulsores também podem ser encontrados no Hyundai Venue.

Além de escolhas por câmbios manuais de cinco ou seis marchas, dependendo da configuração, o novo Kia Sonet pode trazer uma transmissão automatizada que mantém a alavanca de câmbio, mas dispensa o pedal de embreagem, como os antigos Mercedes-Benz Classe A e Fiat Palio Citymatic no Brasil. Por último, a marca afirma que o Sonet será o primeiro SUV compacto do mercado indiano a oferecer o motor turbodiesel em conjunto a uma transmissão automática de seis velocidades.

Kia Sonet em sua versão definitiva
Kia Sonet em sua versão definitiva
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!