Kombi elétrica deve substituir minivans da VW

Com SUVs em alta de demanda por elétricos, versão de produção do conceito ID Buzz deve ser a resposta da marca
Volkswagen ID Buzz Concept 2018

Volkswagen ID Buzz Concept 2018 | Imagem: Divulgação

Com o segmento das minivans indo pelo mesmo caminho de peruas e sedãs médios até mesmo na Europa, é natural que as montadoras comecem a descontinuar suas opções nesse mercado. Investindo alto nos SUVs e gastando ainda mais no desenvolvimento de elétricos, a Volkswagen deve ser a próxima marca a descontinuar suas minivans.

No Velho Continente, a VW ainda oferece os modelos Touran, baseado na sétima geração do Golf, e um modelo maior, a Sharan. Além disso, a subsidiária espanhola do Grupo VW, a SEAT, oferece a Alhambra baseada na Sharan. Já foi confirmado na Europa que a produção das minivans maiores de VW e SEAT se encerrará até o final de 2020. Elas devem ser substituídas futuramente pela Kombi elétrica (ID. Buzz).

Em entrevista ao site britânico Autocar, Frank Welsh, membro do conselho de Pesquisa e Desenvolvimento da Volkswagen, afirmou que “apesar de as minivans serem práticas, não eram emocionais. Hoje, nós temos opções como o Tiguan Allspace de sete lugares. Além disso, estamos preparados para a nova geração com a família ID, incluindo a ID. Buzz. Esta será a real sucessora de nossa Touran”.

O executivo parece animado com esse futuro onde a demanda pelas minivans do Grupo Volkswagen será atendida pela Kombi elétrica: “O ID. Buzz tem muito espaço e ótimo visual. A versão de produção será ainda melhor que o protótipo, trazendo o melhor do que a Touran tinha a oferecer”. Frank Welsh encerrou dizendo que “as minivans ainda não acabaram, apesar da demanda baixa. Elas precisam de um design melhor, é por isso que o design do ID. Buzz é tão cativante”. 

Volkswagen ID Buzz Concept 2018
Volkswagen ID Buzz Concept 2018
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!