LaFerrari terá uma versão ainda mais forte

Nova variante do superesporticação terá produção limitada e motor com mais de 1.000 cv

LaFerrari | Imagem: Divulgação

A LaFerrari, apesar de ostentar um motorzão V12 aspirado de 800 cv e outro elétrico de 163 cv (chegando a 963 cavalos de potência), não é um modelo capaz de satisfazer a Ferrari. A marca italiana já está trabalhando em uma versão ainda melhor do seu atual superesportivo topo de linha. A nova LaFerrari FXX – segundo uma publicação da revista britânica CAR –, já roda em fase de testes no circuito de Monza, na Itália.

O novo modelo já está em estágio avançado de desenvolvimento e deverá estrear na linha de montagem em breve. Porém, para a alegria de poucos (como os endinheirados que buscam exclusividade) e a tristeza de muitos, a LaFerrari FXX deverá ter apenas 30 unidades produzidas, sendo todas elas destinadas ao uso exclusivo em circuitos privados, ou seja, você não verá um modelo da nova Ferrari desfilando por aí.

Na mecânica, a novidade contará com o mesmo motor de doze cilindros em "V" e outro elétrico da LaFerrari convencional, mas com modificações para entregar uma potência máxima de 1.050 cavalos, fazendo com que a prova dos 0 a 100 quilômetros por hora seja realizada em apenas 3 segundos, alcançando uma velocidade máxima de cerca de 350 km/h.

Além da FXX, a LaFerrari ganhará uma versão Spider, prevista para chegar ao mercado no ano que vem. O novo modelo também terá produção limitada, mas com 50 exemplares e permissão para rodar nas ruas. O preço da nova LaFerrari Spider deverá sondar a casa dos US$ 2,8 milhões (algo em torno de R$ 6,3 milhões), ou praticamente o dobro do valor cobrado pela versão cupê convencional.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!