Lamborghini Urus estreia como o SUV mais rápido do mundo

Modelo torna-se o terceiro modelo da marca e é capaz de alcançar 100 km/h em apenas 3,6 segundos
Lamborghini Urus 2018

Lamborghini Urus 2018 | Imagem: Divulgação

Já muito aguardado, a Lamborghini finalmente revelou ao mundo o Urus, modelo com o qual a italiana fará frente a modelos como o Porsche Cayenne dentre outros do segmento de alto luxo e esportividade.

E a Lamborghini promete chegar ao mercado tão forte que decidiu criar até uma nova classificação para o Urus, chamada de SSUV ou Super Sport Utility Vehicle. Só que no caso do Urus isso não é só marketing, a novidade de fato tem credenciais para posicioná-lo de uma forma agressiva dentro da categoria repleta de modelos de ponta.

O mais novo SUV da Lamborghini (não podemos nos esquecer do LM002 da década de 1980) vai contar com um poderoso 4.0 V8 biturbo sob o capô, o qual é capaz de entregar 659 cv de potência a 6.000 rpm e nada menos que 86,6 kgfm de torque a 2.250 rpm. Amparado pelo câmbio automático de 8 marchas e o sistema de tração integral, de acordo com dados da Lamborghini o Urus acelera de 0 a 100 km/h em 3,6 segundos ou de 0 a 200 km/h em 12,8 segundos. A velocidade máxima do modelo fica em 305 km/h. Com esses números, a Lamborghini clama para o Urus o título de SUV mais rápido do mundo. Pelo menos no momento...

Como não poderia ser diferente, principalmente se tratando de um modelo com vocação esportiva como é o caso, o Urus adota um estilo “SUV-cupê” para a carroceria com a robustez típica de um utilitário esportivo de grande porte. Mesmo com o alto desempenho que seu conjunto mecânico proporciona, a Lamborghini explica que no projeto do Urus a marca fez questão de entregar um modelo “adaptado para o dia a dia”. Sem dúvida nenhuma ele será um dos Lamborghini mais versáteis produzidos até o momento, podendo acomodar cinco passageiros com muito conforto e espaço para bagagem de sobra.

Por se tratar de um SUV, a Lamborghini não esqueceu dos clientes que pretendem dar uma escapadinha do asfalto a bordo do Urus. Equipado com diferencial central do tipo Torsen, a força do motor é distribuída por padrão em 40% para as rodas dianteiras e 60% para o eixo traseiro, mas pode chegar até 70% para as rodas dianteiras ou 87% para as traseiras, dependendo das condições do piso. O Urus conta com um sistema de ajuste do carro de acordo com os modos Strada, Terra (uso off-road) e Neve, bem como os acertos esportivos Sport e Corsa, que alteram o sistema de vetorização de torque priorizando o sobre-esterço nesses casos. O Urus também contará com o modo Sabbia (areia) para rodar em terrenos de baixa aderência.

Assim como no Aventador S, o Urus terá o sistema de esterçamento ativo das rodas traseiras, que pode variar em um ângulo de 3º. Em velocidades mais baixas, o eixo traseiro adota uma posição oposta a das rodas dianteiras, enquanto em velocidades mais elevadas, o eixo traseiro segue a orientação das rodas frontais. De acordo com a Lamborghini, o efeito do eixo traseiro com esterçamento é similar a uma redução de 600 mm no entre-eixos para velocidades mais baixas ou uma amplicação de mesma medida no caso de velocidades elevadas.

O Urus terá opções de rodas variando entre os aros 21” a 23” sendo que o sistema de freios utilizará generosos discos de freio de carbono cerâmica 440 mm de diâmetro na dianteira e 370 mm para as rodas traseiras. E, como não poderia ser diferente, o nome Urus remete a uma raça de touros. 

Nos EUA, onde começará a ser vendido no segundo semestre de 2018 assim como no restante do mundo, o Urus custará US$ 200.000 ou cerca de R$ 650.000. Procurada pelo AUTOO, os representantes da Lamborghini no Brasil até o momento não se posicionaram sobre a previsão de chegada do Urus ao nosso país.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!