O inglês Ron Dennis, ex-diretor da escuderia McLaren e atualmente acionista da empresa, não gosta do Bugatti Veyron. Certa vez, no auge de seu humor britânico, deixou escapar que o carro mais rápido do mundo não passa de um “piece of junk”, ou um “monte de lixo”, no bom português. Mas segundo apurou a revista inglesa AutoCar, o empresário tem motivos “corporativos” para discordar da supermáquina de 1.000 cv da Bugatti.

De acordo com a publicação, a fabricante inglesa prepara um novo supercarro para concorrer, e até superar, o Veyron, que supera a barreira dos 400 km/h. A força desse novo monstro com rodas, conforme apurou a fonte, virá de um novo motor 5.0 V8 com mais de 800 cavalos de potência e 80 kgfm de torque desenvolvido pela própria McLaren. O tempo do carro da prova do 0 a 100 km/h ficará abaixo dos 2,8 segundos, segundo a imprensa inglesa.

O lançamento do “anti-Veyron”, no entanto, ainda vai demorar. De acordo com a reportagem, o início da produção do modelo inédito é previsto somente para 2014. Serão poucas unidades – entre 100 a 150 -, que serão fabricados durante no máximo quatro anos. No Reino Unido, segundo a publicação, o carro custará em torno de R$ 1.000.000.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Thiago Vinholes

|