Mercedes-Benz inicia produção do GLA

SUV compacto chega ao Brasil no próximo ano e em 2016 terá produção nacional

Mercedes-Benz GLA | Imagem: Divulgação

O “EcoSport” de luxo da Mercedes-Benz, o jipinho GLA, começou a ser produzido nessa quinta-feira (10) em Rastatt, na Alemanha. O modelo é o mesmo que abrirá as atividades na futura linha de montagem da marca em Iracemápolis (SP). A versão nacional, todavia, fica pronta apenas em 2016. Antes disso, a empresa vai vender a série importada no mercado nacional a partir do segundo semestre de 2014 – volumes de vendas e preços ainda não foram divulgados pela divisão brasileira.

"Há uma demanda muito forte por SUVs e veículos compactos pelos nossos clientes. O GLA nos permite combinar esses dois segmentos e atrair novos consumidores”, aposta Dr. Dieter Zetsche, presidente do Grupo Daimler.

O GLA faz parte de um investimento de € 1,2 bilhão (cerca R$ 3,8 bilhões) que a Mercedes-Benz separou apenas para investir no desenvolvimento e produção de automóveis compactos, como o novo Classe A e o sedã compacto CLA. Pelas previsões da marca, até 2016 mais de 100 mil veículos compactos serão fabricados em Rastatt. No Brasil, a introdução da linha de montagem vai custar R$ 500 milhões à montadora.

Avaliação: Mercedes-Benz A45 AMG, o compacto das trevas

Desenvolvido para o meio urbano, mas também com alguma capacidade off-road, o GLA será o primeiro veículo premium no segmento dos SUV compactos, uma das categorias que mais crescem no mercado mundial. Para o Brasil, é provável que o veículo venha em duas versões, uma com motor 1.6 turbo de 156 cv, o mesmo usado no Classe A, e uma opção mais sofisticada com bloco 2.0 turbo de 211 cv.