Mini-carro elétrico faz sucesso na China e já vende o dobro da Tesla

Hong Guang MINI EV custa menos de R$ 25 mil, mal chega a 100 km/h, mas tem se mostrado uma solução prática e econômica em ambientes urbanos
Wulling Hong Guang MINI EV 2021

Wulling Hong Guang MINI EV 2021 | Imagem: Divulgação

Todas as grandes montadoras do mundo desejam bater a Tesla, do magnata falastrão Elon Musk, mas quem diria, quem conseguiu vender mais que os modelos da marca americana foi um mini-carro elétrico chinês, o Hong Guang MINI EV, da Wulling.

Em janeiro, o modelo urbano teve 25.788 unidades emplacadas na China, quase o dobro do Tesla Model 3, veículo elétrico de maior sucesso no país – e que somou nesse mesmo período 13.843 unidades vendidas.

Vale lembrar que enquanto o sedã esportivo da Tesla custa o equivalente a R$ 216 mil numa conversão simples, o pequenino modelo da Wulling sai por somente R$ 24.900. Ou seja, é óbvio que Musk continua faturando muito mais com seus desejados veículos.

Ainda assim, o sucesso do MINI EV é alentador já que sua proposta é bem diferente e, digamos, mais modesta. Com caráter urbano, o veículo é diminuto: tem menos de 3 metros de comprimento, 1,5 metro de largura e 1,62 m de altura – o entreeixos, acreditem, possui somente 1,94 m.

O carrinho de duas portas leva quatro ocupantes, mas um casal sem filhos pode rebater a fileira traseira e transformar o porta-malas para receber até 741 litros de bagagem.

Wulling Hong Guang MINI EV 2021
Wulling Hong Guang MINI EV 2021
Imagem: Divulgação

Estreia no ano passado

Para tirar o Hong Guang MINI EV da imobilidade, o motor elétrico de 13 kW oferece um torque de 8,5 kgfm, capaz de levá-lo a atingir até 100 km/h. A autonomia não impressiona – são apenas 170 km após uma carga total – mas o mini-carro certamente não nasceu para grandes deslocamentos.

Segundo a Wulling, que tem como sócia nada menos que a General Motors, o modelo “é equipado com o sistema de gerenciamento inteligente de bateria, bem como tecnologia de pré-aquecimento de baixa temperatura e isolamento de bateria”. Ainda de acordo com a marca, as funções da bateria podem ser monitoradas remotamente por meio de um aplicativo de smartphone.

Para comprovar que o modelo não é apenas um produto simplório, a montadora chinesa afirma que mais de 57% da estrutura da carroceria utiliza aço de alta resistência. O MINI EV possui freios ABS com EBD, sistema de monitoramento de pressão dos pneus e os bancos traseiros estão equipados com Isofix.

O Hong Guang MINI EV foi lançado na China em julho do ano passado e terminou 2020 com 112 mil unidades vendidas. Rumores indicam que o modelo pode ser produzido sobre licença por um fabricante na Letônia, de olho no mercado europeu, mas certamente o preço já não será essa bagatela, diante das exigências mais duras no Velho Continente.

Wulling Hong Guang MINI EV 2021
Wulling Hong Guang MINI EV 2021
Imagem: Divulgação