MINI mais potente da história estreia neste ano no Brasil

Marca confirma importação do novo John Cooper Works Countryman ao país
MINI John Cooper Works Countryman

MINI John Cooper Works Countryman | Imagem: Divulgação

A MINI confirmou que a nova geração do John Cooper Works Countryman chegará ao Brasil no último bimestre deste ano e a novidade já chega com um título mais do que animador: ele é o modelo mais potente da história da marca.

O Countryman topo de linha ganhou o novo propulsor exclusivo da linha John Cooper Works (JCW), um 4 cilindros turbo de 2.0 litros que produz 306 cv e 45,8 kgfm de torque. O câmbio será o automático de 8 marchas e o modelo conta com tração integral ALL4 para realçar o controle dinâmico do modelo e favorecer a segurança ativa.

Para efeito de comparação, o Countryman “normal”, também com motor 2.0 turbo, possui 192 cv e 28,5 kgfm de torque, ou seja, são 114 cv e 17 kgfm de torque a mais no JCW. Segundo dados da MINI, o John Cooper Works Countryman acelera de 0 a 100 km/h em apenas 5,1 segundos. A velocidade máxima é limitada eletronicamente em 250 km/h.

Visualmente, o novo MINI mais potente de todos os tempos pode ser identificado por meio das rodas de liga leve exclusivas, além de faixas no capô e nas laterais. O visual mais esportivo no modelo segue com o teto pintado em vermelho, assim como as faixas e os emblemas que identificam a versão.

A MINI até o momento não antecipou o preço da novidade por aqui, mas a versão mais cara do Countryman já disponível no Brasil é a S híbrida, tabelada em R$ 219.990.

As versões John Cooper Works são conhecidas pela proposta mais esportiva dos modelos da MINI. A subdivisão foi fundada em 2002 por Michael Cooper, filho de John Cooper, o criador do MINI na década de 1960.

MINI John Cooper Works Countryman
MINI John Cooper Works Countryman
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!