MINI passa a usar câmbio DCT, de dupla embreagem

Nova transmissão, de 7 velocidades, substitui a antiga caixa automática de 6 marchas
Mini Countryman 2018

Mini Countryman 2018 | Imagem: Divulgação

A MINI, tradicional marca inglesa, anunciou uma novidade impoirtante para seus modelos: a fabricante passará a usar em seus veículos um câmbio de dupla embreagem desenvolvido pela Getrag. A fornecedora alemã atualmente é uma empresa controlada pela Magna e a Ford;

Além de uma melhoria interessante para seus carros que, naturalmente, têm uma pegada mais esportiva, a novidade também é um marco para a fabricante que, pela primeira vez em 17 anos, passa a usar esse tipo de tecnologia substituindo a caixa automática convencional.

Os modelos Cooper e Cooper D são os primeiros a contar com a nova caixa de dupla embreagem de 7 velocidades. Em seguida, a marca controlada pela BMW começa a instalar a tecnologia nas versões esportivas, Cooper S e John Cooper Works. 

A nova caixa, que será banhada a óleo e promete melhor robustez e menor nível de ruído, tem a promessa de entregar trocas de marchas bem rápidas. O sistema, como é tradicional nesse tipo de transmissão, conta com dois conjuntos de embreagem (um para as marchas pares e outro para as ímpares e ré) que trabalham com as marchas pré-engatadas, diminuindo consideravelmente o tempo de troca.  

Assine a newsletter semanal do AUTOO!