Mitsubishi marca fim do Lancer Evo X com versão de 480 cv

Variante Final Edition do sedã esportivo da Mitsubishi recebeu mudanças no motor 2.0 de quatro cilindros

Mitsubishi Lancer Evolution X Final Concept | Imagem: Divulgação

Apesar de toda sua história e entusiastas por todo o mundo, o Lancer Evolution X se prepara para dar adeus, já que a Mitsubishi vai focar em carros mais ecológicos (leia-se elétricos e híbridos). E nesta semana, a montadora japonesa revelou a versão “Final Concept”, que será apresentada durante o Salão de Tóquio, entre os dias 9 e 11, para marcar as últimas unidades do sedã esportivo.

O novo Mitsubishi Lancer Evolution X Final Concept traz poucas mudanças quando o assunto é visual. Há carroceria com pintura em preto fosco, teto e aerofólio traseiro com acabamento em preto brilhante, detalhes em cromado, nome da versão estampado na parte inferior das portas, rodas de alumínio de 19 polegadas com pintura escurecida, entre outros.

Já na motorização, o 2.0 litros de quatro cilindros do Lancer Evo X recebeu um novo turbocompressor da HKS, sistemas de admissão e escape renovados e reprogramação da ECU. Isso rendeu um belo aumento na potência, chegando a 480 cavalos, que são enviados para as quatro rodas por meio do câmbio manual de cinco velocidades. Há ainda suspensão ajustável da HKS.

Com isso, o Mitsubishi conseguiu superar facilmente o motor 2.0 que a Mercedes-Benz usa nos modelos A 45 AMG, CLA 45 AMG e GLA 45 AMG, o até então dois litros mais potente do mundo, com 360 cv.  

Distante do Brasil

O Lancer Evolution X Final Concept deve ser uma exclusividade do Japão, com um número limitado de exemplares. Para se despedir do mercado brasileiro, o sedã esportivo da Mitsubishi recebeu a versão John Easton, que traz motor 2.0 de 340 cv e 37,3 kgfm e pequenas novidades no visual, como detalhes em vermelho na grade dianteira e rodas BBS forjadas aro 18 na cor cinza.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!