Strada Volcano manual ou Montana básica? Veja comparativo de desempenho, consumo e custo-benefício

Apesar de inseridas em segmentos diferentes, as configurações das duas picapes gravitam na faixa de R$ 115.000
Fiat Strada e Chevrolet Montana

Fiat Strada e Chevrolet Montana | Imagem: Montagem Autoo sobre fotos de divulgação

Após o segmento de SUVs, a categoria de picapes deverá ser a mais prolífica em termos de novidades nos próximos anos. 

Ganhando ares de veículos de lazer e deixando o estigma de automóvel estritamente comercial, as picapes modernas seguem ganhando cada vez mais tecnologia e itens de conforto aliados à praticidade inerente a este tipo de carroceria no que diz respeito ao transporte de bagagens. 

Uma novidade que “personifica” essa nova era das picapes é a geração mais recente da Chevrolet Montana, a qual tem em suas versões com câmbio manual um custo-benefício capaz de fazer muitos consumidores de picapes compactas migrarem para a categoria imediatamente acima. 

Em sua versão de entrada, a Montana 1.2 turbo manual é tabelada em R$ 116.890 e está longe de ser um veículo simples. Pela quantia, a Chevrolet equipa sua picape com 6 airbags, central multimídia com tela de 8”, acendimento automático dos faróis, luz de condução diurna em LED, travas e vidros elétricos, controles de tração e estabilidade, entre outros itens. 

Se olharmos para a Fiat Strada, líder absoluta entre as picape compactas e o veículo mais vendido no Brasil há dois anos consecutivos, é possível estacionar na garagem de casa o modelo em seu catálogo Volcano manual, o qual custa atualmente R$ 115.990. 

Por se tratar de uma das versões mais completas da Strada, a picape nessa configuração já conta com rodas de liga leve aro 16”, revestimento para os bancos mesclando couro e tecido, capota marítima, câmera de ré, sensor de estacionamento, apenas para elencar alguns dos principais equipamentos. 

A Strada Volcano, porém, fica devendo no quesito segurança ao contar com 4 airbags. Em sua avaliação mais recente realizada pelo Latin NCAP, a líder de mercado também ficou longe de alcançar uma boa nota por parte da instituição. 

Conjuntos mecânicos

O modelo da Fiat pode ser mais completo, porém temos um conjunto propulsor favorável à picape da Chevrolet. 

Enquanto a Strada Volcano oferece sob o capô o motor 1.3 Firefly com até 109 cv e 14,2 kgfm de torque, o 1.2 turbo da Montana entrega até 133 cv e 21,4 kgfm. 

Claro que a Montana tem um uma massa total (1.273 kg) consideravelmente superior em relação à Strada Volcano manual (1.174 kg), porém isso não compromete a eficiência do modelo da Chevrolet. 

Segundo os dados oficiais, temos um 0 a 100 km/h de 11,2 segundos no caso da Strada Volcano manual contra 11,7 segundos da Montana. Em termos de consumo, a Montana de entrada percorre 12 km/l na cidade e 13,6 km/l na estrada com gasolina, médias que ficam em 12,1 e 13,3 km/l, respectivamente, para o modelo da Fiat. 

Cabine e capacidade de carga

Um grande ponto favorável para a Montana fica por conta de sua cabine mais espaçosa e confortável, em especial para os ocupantes do banco traseiro, que vão encontrar uma área para cabeça e joelhos muito melhor em relação à Strada. 

Partindo para a caçamba, a Strada pode transportar 650 kg de carga contra 637 kg da Montana básica, sendo que a capacidade volumétrica do compartimento supera os 800 litros nos dois modelos. 

Parte do público ainda valoriza o fato da Strada contar com sua suspensão traseira por eixo rígido com molas parabólicas, o que, de fato, confere robustez superior, porém sacrifica ligeiramente o conforto e a suavidade ao rodar. 

De qualquer forma, a suspensão traseira com o tradicional esquema por eixo de torção com o diferencial do batente com duplo estágio presente na Montana dá conta do recado sem deixar de lado o bom comportamento dinâmico. 

Conclusão

Considerando que a opção Volcano está longe de ser a versão da Strada destinada ao uso comercial intenso, podemos dizer que os consumidores que não fazem questão do câmbio automático e esperam adquirir uma picape versátil para as mais diversas aplicações vão encontrar na Montana um modelo melhor resolvido para transportar família e amigos além de muita bagagem na caçamba. 

Além disso, a Montana não consome mais e oferece nível de performance em linha com a Strada Volcano manual. 

É fato que a Strada Volcano é muito mais equipada, até por ser o catálogo mais completo da Strada com câmbio manual, porém a Montana já oferece os itens essenciais de conforto, segurança e conectividade. Caso necessário, você ainda pode adquirir alguns acessórios diretamente na concessionária. 

Em resumo, ao apostar em catálogos manuais com uma precificação agressiva, a Chevrolet criou uma estratégia de mercado interessante para a nova Montana, a qual pode incomodar muita gente no segmento de picapes.  

Fiat Strada e Chevrolet Montana

Fiat Strada e Chevrolet Montana

Recomendados por AUTOO

Youtube
RAM Rampage Laramie a diesel

RAM Rampage Laramie a diesel

Será que ainda é vantajoso ter picape com motor turbodiesel?
Aviação
Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Mas nega que isso possa atrapalhar operação dos novos Gripen suecos
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções