Na cola da Hilux, Chevrolet renova a S10

Picape ganhou um considerável banho de loja e se destaca pelo alto nível de equipamentos
Chevrolet S10 2017

Chevrolet S10 2017 | Imagem: Divulgação

Até então a líder de mercado, porém agora ameaçada pela Fiat Toro e não conseguindo acompanhar o bom ritmo de vendas que a Toyota conseguiu alcançar com a chegada da nova geração da Hilux às lojas, a GM tratou logo de se mexer e acaba de apresentar a linha 2017 da S10 nesta segunda-feira (25). E até que para um facelift não é exagero dizer que foi uma mexida e tanto, algo semelhante ao que a Chevrolet fez com o Cobalt.  

A picape, como havíamos antecipado, mescla elementos do protótipo X-Treme revelado neste ano no Salão de Bangcoc e do conceito da norte-americana Colorado, com destaque para os novos capô e grade frontal. Mas a evolução mesmo vai para a ampla gama de equipamentos, que, além dos controles de tração e estabilidade, a S10 agora conta até mesmo com alerta de mudança de faixa, acionamento remoto da ignição e, algo que somente ela vai oferecer no segmento, o serviço OnStar que conta com monitoramento do veículo, serviços de segurança, navegação, concierge, dentre outros. 

Outra tecnologia importante incorporada pela picape é o alerta de colisão frontal, que monitora a distância do carro a frente e avisa o condutor da S10 caso note uma redução de velocidade repentina. “Estudo de mercado aponta que 67% dos acidentes são frontais. A grande maioria de pequena ou média monta porte e provocado por distrações. O alerta de colisão mostra-se relevante, principalmente neste tipo de situação”, explica William Bertagni, vice-presidente de engenharia da GM.

Ainda completam o pacote de equipamentos disponíveis os sensores de chuva e luminosidade, câmera de ré, sensor de estacionamento dianteiro e o módulo para levantamento e abertura dos vidros. A picape também oferecerá nas versões mais caras recursos como banco do motorista com ajuste elétrico e ar-condicionado automático digital.

Os motores seguem o 2.5 SIDI flex de 206 cv, com injeção direta, e o 2.8 turbodiesel de 200 cv. A Chevrolet adianta que eles receberam um “pacote de inovações para eficiência energética” que resultou em um consumo de combustível 5% menor. A S10 também passa a oferecer rodas de liga leve aro 18" a partir da versão LTZ, enquanto as opções LS e LT seguem com as rodas aro 16". O interior também passa a contar com plásticos "soft touch", de melhor aspecto visual e tátil, além da central multimídia MyLink com os sistemas CarPlay e Android Auto. O computador de bordo também está mais moderno e passa a contar com uma função "Eco" para auxiliar o motorista em uma tocada mais econômica, enquanto o display no painel também está mais moderno e incorpora algumas instruções de navegação. 

A Chevrolet ainda não divulgou os preços da S10 2017, porém adiantou ao AUTOO que eles permanecerão “no mesmo patamar da S10 atual”. 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!