Nissan apresenta o Ariya, seu primeiro SUV elétrico

Com visual semelhante ao conceito que lhe deu origem, utilitário esportivo promete até 610 km de autonomia com uma carga
Nissan Ariya 2021

Nissan Ariya 2021 | Imagem: Divulgação

No ano passado, a Nissan apresentou no Salão de Tóquio (JAP) o Ariya, um protótipo de carro elétrico para a empresa. Agora, a marca fez o lançamento oficial do modelo com o mesmo nome e mantendo as linhas do conceito, sendo que este novo Nissan Ariya será o primeiro SUV totalmente elétrico da empresa. Nos EUA, seu preço partirá de US$ 40.000, ou cerca de R$ 213,7 mil na conversão direta.


A novidade pode ser equipada com rodas de 19 ou 20 polegadas de diâmetro. A Nissan informa um comprimento de 4,64 m e 2,77 m de entre-eixos para o Ariya. O bagageiro pode oferecer 467 litros de espaço para bagagens se equipado com tração dianteira, mas o número cai para 413 litros se o SUV possuir tração integral.


Por dentro, a cabine do novo Nissan Ariya mostra duas telas digitais em destaque, sendo uma para os instrumentos e outra para a central multimídia. Entre os destaques tecnológicos do SUV estão equipamentos vistos também no Leaf, primeiro elétrico da história da Nissan. Um deles é o e-pedal, que permite uma condução utilizando-se apenas o pedal do acelerador com parcimônia. O outro é o Pro Pilot Assist 2.0, que agrega todas as tecnologias de auxílio à direção e permite condução autônoma em alguns casos com o motorista estando atento.


Itens como frenagem autônoma de emergência, assistente de permanência em faixa, monitor de ponto cego e acionamento automático do farol alto também estão inclusos na lista de itens de série. Além disso, a central multimídia do Nissan Ariya não só se conecta com aplicativos como Android Auto e Apple Car Play, como também pode interagir com o Alexa, sistema da Amazon que também comanda funções via internet para a casa do motorista, além de organizar tarefas.

Nissan Ariya 2021
Nissan Ariya 2021
Imagem: Divulgação


Para mover o Nissan Ariya, os clientes têm duas opções de propulsão elétrica. A primeira conta com apenas um motor elétrico e tração dianteira, entregando 217 cv de potência e 30,5 kgfm de torque. A segunda já conta com dois motores elétricos, um em cada eixo, para fornecer tração integral e 394 cv de potência e 61,2 kgfm de torque.


Em ambos os casos, também existem duas opções para o conjunto de baterias. A primeira tem 63 kWh de capacidade, enquanto a segunda já eleva esse número para 87 kWh. Respectivamente, a autonomia é de 450 km e 610 km para a versão com um motor, ou 430 km e 580 para o equipado com dois motores. Os números seguem padrões de teste do Japão.


A previsão da Nissan é a de que o Ariya comece a ser vendido no Japão até a metade do ano que vem, com os EUA sendo atendidos até o final de 2021. Outros mercados, como o europeu, por exemplo, devem receber o primeiro SUV elétrico da história da marca nipônica apenas a partir de 2022. Ou seja, o Brasil certamente deve ir para o fim da fila do modelo.

Nissan Ariya 2021
Nissan Ariya 2021
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!