Nos EUA, 71% das pessoas têm medo de carro autônomo

Consumidores ainda não estão acostumados com tecnologias, afirma pesquisa nos EUA
A bordo de um carro autônomo você poderá ter mais liberdade para realizar suas atividades preferidas

A bordo de um carro autônomo você poderá ter mais liberdade para realizar suas atividades preferidas | Imagem: Divulgação

Há muita discussão sobre como serão utilizados os veículos autônomos. Para muitos seria a solução ideal para mobilidade, mas uma pesquisa recente mostra que a perspectiva não é tão positiva. De acordo com estudo da Associação Automotiva Americana (AAA), 71% das pessoas questionadas afirmaram ter medo de andar em um carro totalmente autônomo nos Estados Unidos.

Esse número é um pouco menor do que o de 2018, quando 73% dos entrevistados tinham medo de serem passageiros de veículos autônomos, número muito maior do que o apresentado em 2017, quando 63% ainda não confiavam na tecnologia. A pesquisa foi feita por telefone e envolveu 1.008 pessoas entre os dias 10 e 13 de janeiro, dentre eles adultos com 18 anos ou mais, com 4% de margem de erro.

Segundo a Associação, o grande número de norte-americanos que não confia em veículos autônomos se deve ao fato de muitos incidentes com veículos deste tipo terem acontecido nos últimos dois anos. "Ter a oportunidade de interagir com a tecnologia de veículos parcialmente ou totalmente autônomos ajudará a remover alguns dos mistérios para os consumidores e abrirá portas para uma maior aceitação", disse Greg Brannon, diretor de Engenharia e Relações Industriais da AAA. 

Isso quer dizer que estar em contato com tecnologias como o Lane Assistant (que mantém o veículo na faixa de rodagem), piloto automático adaptativo (que acelera e freia de acordo com o carro à frente), frenagem automática de emergência e estacionamento automático pode fazer com que os consumidores mudem a visão sobre os modelos que andam sozinhos. 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!