Nos EUA, Chevrolet Cruze 2019 estreia com facelift

Modelo ganhou leves alterações na dianteira e na traseira na mudança de linha
Chevrolet Cruze hatch RS 2019 vendido nos EUA

Chevrolet Cruze hatch RS 2019 vendido nos EUA | Imagem: Divulgação

A semana termina com uma notícia interessante envolvendo a linha Chevrolet, pelo menos nos EUA.

A gama Cruze, incluindo as carrocerias sedã e hatch, estreou em conjunto com a linha 2019 um leve facelift com atualizações no design da dianteira e traseira dos modelos.

Visto de frente, o Cruze 2019 comercializado nos EUA conta com nova grade dianteira, para-choque e jogo de luzes nos faróis. Na parte traseira, por sua vez, as lanternas recebem elementos com iluminação por LED nas versões mais caras do modelo.

Complementando o pacote de novidades, o Cruze recebe rodas de liga leve com novos desenhos, sendo que a linha esportiva RS sai de fábrica com rodas aro 17” podendo receber também rodas aro 18” como opcionais.

Além da motorização 1.4 turbo como ocorre no mercado brasileiro, nos EUA a linha Cruze também conta como opção o motor 1.6 turbo. Por lá o modelo também conta com tecnologias mais avançadas de conectividade, como a possibilidade de oferecer um hotspot de Wi-Fi com internet 4G LTE.

Em paralelo com o Brasil, o Cruze oferecido nos EUA também se destaca pela boa gama de assistentes modernos de condução como é o caso do assistente de permanência em faixa, alerta de ponto cego nos retrovisores, frenagem automática de emergência, assistente de estacionamento, dentre outros.

Nos EUA, a carroceria hatch responde por 20% das vendas do Cruze. Aqui no Brasil, onde recebe a designação de Cruze Sport6, o hatch médio é o líder do segmento com folga. Já o Cruze sedã, por sua vez, é o terceiro modelo mais vendido em sua categoria, seguindo de perto os japoneses Honda Civic e Toyota Corolla.

Procurada pelo Autoo, a GM Mercosul deu a entender que as alterações não devem chegar tão rapidamente à linha Cruze oferecida aqui. De acordo com a fabricante, "o Cruze é um modelo global, mas as estratégias para o produto são diferentes nos diversos mercados em que é comercializado. No Mercosul, o Novo Cruze foi lançado como linha 2017 e mantem-se como o produto mais inovador da categoria, tanto que registra o maior crescimento em vendas entre os veículos médios. Desde a chegada da nova geração, os emplacamentos e a participação de mercado do Cruze (hatch e sedã) triplicaram, indo na Argentina de 7% para 21% e no Brasil de 6% para 17%. Portanto não há alterações previstas para o modelo".