Parece que a Subaru voltou a levar o mercado brasileiro a sério. Um tanto apagada nos últimos tempos, a marca japonesa apresentou crescimento de quase 80% no primeiro quadrimestre do ano e agora aproveita a boa fase para trazer ao País a nova geração do Legacy e da Outback, a perua aventureira derivada do sedã. O grupo CAOA, importador oficial da marca (também responsável pela comercialização dos carros da Hyundai no Brasil), já comercializa os modelos.

O Legacy de entrada traz motor 2 litros, de 160 cv, acoplado a um câmbio CVT, saindo por R$ 105 000. Quem busca mais esportividade no sedã terá que desembolsar R$ 155 000 pela versão GT, equipada com bloco de 2.5 litros turbo, de 280 cv e transmissão automática de cinco velocidades. Entre os equipamentos, destaque para o freio de estacionamento eletrônico, sistema Hill Holder (que segura o veículo em ladeiras), faróis e limpador de para-brisa com acionamento automático, bancos em couro, banco do motorista com ajuste elétrico, entre outros.

Já a Outback, perua derivada do sedã com espírito aventureiro, vem com motor 3.6 de seis cilindros contrapostos e 280 cv, acoplado a uma transmissão automática de cinco velocidades. Por R$ 165 000, entrega tração integral, distribuição de tração simétrica entre as quatro rodas (SAWD), diferencial central e traseiro com escorregamento limitado (LSD), bancos de couro, faróis de xenônio, teto solar elétrico, entre outros. Seu porta-malas leva 549 litros, ou 1 071 com os bancos traseiros rebatidos. Após a chegada dos dois novos modelos, a estimativa é que o grupo CAOA venda cerca de 350 carros da marca por mês

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Rodrigo Mora

|