Para ser a mais potente, Amarok pode ganhar motor V6 biturbo

Volkswagen já desenvolve nova versão da picape, que promete se posicionar no topo do segmento

Com o assistente de partida em rampa, é possível sair da imobilidade em ângulos impressionantes | Imagem: Divulgação

Para desbancar a Chevrolet S10 como a picape média mais potente disponível no Brasil, a Amarok pode oferecer em breve uma nova opção de motorização em sua linha. De acordo com o portal Argentina Autoblog, a Volkswagen está desenvolvendo no país vizinho (onde o modelo é produzido) uma versão do utilitário equipada com um propulsor V6 a diesel.

Ao que tudo indica, a Volkswagen Amarok pode ser equipada com um bloco 3.0 litros TDI biturbo de seis cilindros, com capacidade para entregar até 272 cavalos de potência e 58,9 kgfm de torque. Este novo motor deve ser oferecido na versão Highline, a mais cara da linha da picape, portanto estará disponível somente com o câmbio automático de oito velocidades e tração 4Motion nas quatro rodas.

Este propulsor já equipou anteriormente a Amarok, mas na versão conceitual R-Style, apresentada pela Volkswagen no festival de Wörthersee, na Áustria.

Ainda não se sabe quando a nova Amarok 3.0 V6 TDI será lançada no mercado, mas é de se esperar pelo modelo nas ruas em meados do ano que vem, com preços acima da atual Highline, que custa R$ 156.990 e pode chegar a R$ 163.790 com todos os opcionais. Atualmente, a picape usa um motor 2.0 biturbo TDI de 140 ou 180 cv.