Prestes a ganhar nova geração, Mitsubishi Pajero Full tem visual renovado

Linha 2015 do SUV traz ainda novidades no acabamento interno e deve chegar ao Brasil em breve

Mitsubishi Pajero Full 2015 | Imagem: Divulgação

Eis as últimas mudanças do atual modelo do Mitsubishi Pajero Full, que será substituída até o final do ano que vem por uma geração completamente nova. A montadora japonesa apresentou nesta semana no Japão a linha 2015 do utilitário-esportivo, que traz como novidades mudanças no visual e pequenas alterações no acabamento interno. A nova linha do modelo está prevista para chegar ao Brasil nos próximos meses.

O Pajero Full 2015 ganhou uma nova grade dianteira com acabamento em cromado formando junção com o para-choque, que também é novo, luzes diurnas de LED aos redores dos faróis de neblina, novos detalhes em cromados, novas rodas, entre outros. A versão de quatro portas conta com uma nova capa para o estepe, com acabamento que tenta simular uma continuação do vidro traseiro.

Já no interior, a novidade fica por conta do novo console central e de pequenos detalhes nas saídas de ar. Há ainda apliques metálicos e acabamento em preto brilhante na versão VR II – as variantes Exceed e Super Exceed há acabamento em madeira. O isolamento acústico, de acordo com a Mitsubishi, também foi aprimorado.

Veja mais: Mitsubishi ASX ganha cara nova na Europa

Na gama de motores, continuam os blocos 3.0 V6 a gasolina de 250 cavalos de potência e 3.2 de quatro cilindros turbodiesel de 200 cv, ambos associados a uma transmissão automática de cinco velocidades e tração nas quatro rodas. O Mitsubishi Pajero Full 2015 já está sendo oferecida no mercado japonês, com preço inicial de 2.921.400 ienes, algo em torno de R$ 64 mil, sem impostos.

A próxima geração do modelo da Mitsubishi tem poucos detalhes até o momento. Sabe-se que o novo modelo será montado a partir de uma nova plataforma da montadora japonesa e visual mais moderno, aos moldes do conceito GC-PHEV. A empresa quer tornar o Pajero Full ainda mais sofisticado. Haverá até uma versão com motor à combustão e outro elétrico.