Proteste pedirá a suspensão das vendas do Chevrolet Onix

Decisão foi motivada pelos péssimos resultados nos testes de colisão
Chevrolet Onix 2017

Chevrolet Onix 2017 | Imagem: Divulgação

A Proteste – Associação de Defesa do Consumidor, anunciou uma decisão relevante envolvendo o péssimo resultado do Chevrolet Onix no mais recente teste realizado pelo Latin NCAP conforme noticiamos aqui no AUTOO.

O gerente de relações institucionais e mídia da Proteste, Henrique Lian, declarou em comunicado que a organização vai pedir judicialmente a suspensão das vendas do Chevrolet Onix no mercado nacional pelo perigo que ele pode representar aos ocupantes em caso de acidente. “Não consideramos que a América Latina seja depósito para carros fora dos padrões exigidos, no entanto, infelizmente, não parece ser a opinião da GM”, declarou o porta-voz da Proteste.

Vale destacar que o Chevrolet Onix é o carro mais vendido do Brasil e, com certeza, após o episódio a reputação do modelo ficará abalada. Resta saber se isso vai surtir efeito nas vendas. Na manhã desta quinta-feira (11) a GM declarou que “o Chevrolet Onix cumpre integralmente com todos os requisitos locais de segurança dos mercados onde é vendido na América do Sul”. A nota da montadora na íntegra você pode conferir aqui.

O Latin NCAP e a Proteste são parceiros e, segundo o Programa de Avaliação de Carros Novos para América Latina e Caribe, o Onix apresentou no novo padrão de testes do Latin NCAP um “pobre desempenho estrutural”. O Latin NCAP também revela que um dos grandes problemas notados no Chevrolet Onix foi a “alta compressão no peito do passageiro adulto”.